quinta-feira, 28 de maio de 2009

Pesquisais as Escrituras,... Os escritos de Moisés, e os profetas que eram de inspiração divina e autoridade e são frequentemente usados por Cristo, e os seus apóstolos, pela verdade do que eles entregaram; e era o padrão da fé, e o teste das doutrinas; e então deveriam ser pesquisadas diligentemente, por achar conhecimento divino e melhoria nela, e para provar as doutrinas. As palavras podem ser traduzidas no indicativo, como uma afirmação, “Pesquisais as Escrituras”: os Judeus tiveram os oráculos sagrados confiados a eles, e estes eles leram, não só os seus reis, príncipes, e juízes, mas as pessoas comuns que expuseram as suas crianças à leitura delas e os instruíram nelas: e, além disso, estes escritos eram lidos, e expostos publicamente nas suas sinagogas todos os dias do Sábado; e especialmente neste momento foram examinados estes registros, e particularmente aqueles que diziam respeito ao Messias, visto que havia uma expectativa geral dele: e certo é, que os principais sacerdotes, escribas, e anciãos, ou o Sinédrio, eram muito versados nas Escrituras, e poderia recorrer prontamente a esses que diziam respeito ao Messias; veja um exemplo disto em Mat. 2:4;

Porque pensais que, por meio delas, tereis vida eterna;... Não a doutrina da vida eterna, nem as promessas dela, nem o modo para tê-la; embora todas essas coisas estejam nela, e apontados por ela: porque, embora a vida e imortalidade sejam trazidas pelo iluminar do Evangelho, e a promessa da vida eterna pertenca à convenção da graça, e o modo de vida e retidão exemplificados nela; no entanto, a vida eterna e imortalidade não é obtida nela; ainda há muito do Evangelho, e uma exibição da aliança da graça, e suas promessas, e Cristo, o modo de vida, é dirigido tipicamente pela árvore da vida, e a serpente de bronze, e outras coisas nesses escritos. Mas o significado aqui é que eles imaginaram que tendo estes escritos em suas mãos, e os lendo, e ouvindo-o sendo expostas todos os dias de Sábado, eles deveriam obter e deveriam herdar a vida eterna: consequentemente, eles chamam
[1] a lei de vida eterna, e dizem[2] relativo à leitura dela, que “aquele que começa a ler no livro da lei é obrigado abençoar por esta razão: abençoado seja ele que nos escolheu acima de todas as nações, e nos tem dado a Sua lei. -- E aquele que termina o abençoa desta maneira: abençoado é aquele que nos tem dado a Sua lei, a lei da verdade, e plantado a “vida eterna” no nosso meio.”

Essa era um opinião deles: Assim a versão Persa lê, “porque tal é a opinião vossa”; e embora essa seja uma opinião vã, ainda assim mostra quão alta estima eles tinham das Escrituras: e agora a esses, nosso Senhor usa como testemunha por ele, e contra quem eles não poderiam objetar, sobre seus próprios princípios:

São elas que testificam de mim;... E elas testemunham de sua própria deidade e filiação divina, chamando-o Jeová, Deus, o Deus poderoso, e o Filho de Deus; e dos seus ofícios como profeta, sacerdote, e Rei; e da sua encarnação de uma virgem; e da tribo, família, e lugar do seu nascimento; dos seus milagres que ele deveria operar; do tratamento que ele deveria encontrar da parte dos homens; dos seus sofrimentos e morte; das circunstâncias que conduziram a estes, e assistindo a eles; como a sua equitação em um asno em Jerusalém, a sua traição por meio de um dos seus associados íntimos, o vendendo por trinta moedas de prata, o cuspindo, e o açoitando, lhe dando fel para a sua carne, e vinagre como sua bebida, e separando os artigos de seu vestuário, e a crucificação dele, e entre dois ladrões; e do seu enterro, ressurreição dos mortos, ascensão para os céus, e o assentar à mão direita de Deus, e do seu vir ao seu futuro julgamento.



Fonte: John Gill's Exposition of the Entire Bible



___________
Notas:
[1] Zohar em Gen. fol. 100. 3.
[2] Maimon. em Misn. Megilla, c. 4. seç. 1.

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Bookmark Us

Delicious Digg Facebook Favorites More Stumbleupon Twitter

Pesquise outros Estudos