Biblioteca com mais de 5 mil estudos bíblicos gratuitos e centenas de livros evangélicos para baixar em PDF.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Destaques de Gálatas, Efésios, Filipenses e Colossenses

GÁLATAS, EFÉSIOS, FILIPENSES E COLOSSENSES, ESTUDO BÍBLICO
Ao ouvir que alguns cristãos estavam sendo desviados da adoração pura pelos judaizantes, o apóstolo Paulo escreveu uma vigorosa carta “às congregações da Galácia”. (Gál. 1:2) Escrita em algum período entre 50-52 EC, ela contém conselhos diretos e exortações fortes.

Uns dez anos depois, quando estava em Roma como “prisioneiro de Cristo Jesus”, Paulo escreveu às congregações de Éfeso, Filipos e Colossos, dando-lhes bons conselhos e amoroso encorajamento. (Efé. 3:1) Nós hoje podemos nos beneficiar por prestarmos atenção às mensagens dos livros bíblicos de Gálatas, Efésios, Filipenses e Colossenses. — Heb. 4:12.

“DECLARADO JUSTO” — COMO?
(Gál. 1:1–6:18)

Visto que os judaizantes tentavam ardilosamente desacreditar Paulo, ele defendeu seu apostolado por prover certos detalhes autobiográficos. (Gál. 1:11–2:14) Expondo os falsos ensinos deles, Paulo salientou: “O homem é declarado justo, não devido a obras da lei, mas apenas por intermédio da fé para com Cristo Jesus.” — Gál. 2:16.

Paulo disse que Cristo ‘livrou por meio duma compra os debaixo de lei’ e os libertou para usufruírem a liberdade cristã. Ele exortou fortemente os gálatas: “Ficai firmes e não vos deixeis restringir novamente num jugo de escravidão.” — Gál. 4:4, 5; 5:1.

Auxílio na compreensão bíblica:

3:16-18, 28, 29 — O pacto abraâmico ainda é válido? Sim. O pacto da Lei foi um acréscimo e não uma substituição do pacto de Deus com Abraão. Portanto, o pacto abraâmico continuou valendo depois que a Lei foi ‘abolida’. (Efé. 2:15) Suas promessas foram repassadas para o verdadeiro “descendente” de Abraão — Cristo Jesus, que é o descendente primário, e aos que ‘pertencem a Cristo’.

6:2 — O que é “a lei do Cristo”? Essa lei engloba tudo que Jesus ensinou e ordenou. Inclui especialmente o mandamento de ‘amar uns aos outros’. — João 13:34.

6:8 — De que modo ‘semeamos visando o espírito’? Fazemos isso por viver de um modo que permita que o Espírito de Deus atue livremente em nós. Semear visando o espírito envolve a participação plena em atividades que promovam o fluxo do espírito.

Lições para nós:

1:6-9. Os pastores cristãos precisam agir de imediato quando surgem problemas na congregação. Usando raciocínio lógico e as Escrituras, poderão refutar rapidamente raciocínios falsos.

2:20. O resgate é uma dádiva de Deus para nós. Devemos aprender a encará-lo assim. — João 3:16.

5:7-9. Más companhias podem nos ‘impedir de persistir em obedecer à verdade’. Seremos sábios se as evitarmos.

6:1, 2, 5. Os que têm “qualificações espirituais” podem nos ajudar a carregar um fardo, como, por exemplo, alguma dificuldade ou um peso resultante de se ter dado, sem perceber, um passo em falso. Mas, quando se trata de levar a carga de nossas responsabilidades espirituais, nós mesmos temos de levá-la.

‘AJUNTAMENTO DE TODAS AS COISAS NO CRISTO’
(Efé. 1:1–6:24)

Ao destacar o tema da união cristã na sua carta aos efésios, Paulo falou de “uma administração no pleno limite dos tempos designados [para] ajuntar novamente todas as coisas no Cristo, as coisas nos céus e as coisas na terra”. Cristo deu “dádivas em homens” para ajudar a todos ‘a alcançar a unidade na fé’. — Efé. 1:10; 4:8, 13.

Para honrar a Deus e promover união, os cristãos devem se “revestir da nova personalidade” e ‘estar sujeitos uns aos outros, no temor de Cristo’. Precisam também se “manter firmes contra as maquinações do Diabo” por se revestirem da completa armadura espiritual. — Efé. 4:24; 5:21; 6:11.

Auxílio na compreensão bíblica:

2:2 — Em que sentido o espírito do mundo é como o ar, e onde reside sua autoridade? “O espírito do mundo” — o espírito de independência e de desobediência — é tão difundido como o ar que respiramos. (1 Cor. 2:12) Sua autoridade, ou força, reside na sua capacidade de persuasão, persistência e implacabilidade.

2:6 — Como podem os cristãos estarem “nos lugares celestiais” enquanto ainda estão na Terra? Aqui, a expressão “lugares celestiais” não se refere à sua prometida herança celestial. Antes, denota sua elevada posição espiritual resultante de serem “selados com o prometido Espírito Santo”. — Efé. 1:13, 14.

Lições para nós:

4:8, 11-15. Jesus Cristo “levou consigo cativos”, isto é, tirou homens do controle de Satanás para usá-los como dádivas para a edificação da congregação cristã. Podemos ‘crescer pelo amor em todas as coisas no Cristo’ sendo obedientes e submissos aos que tomam a liderança entre nós e cooperando com os assuntos congregacionais. — Heb. 13:7, 17.

5:22-24, 33. Além de estar em sujeição ao marido, a esposa deve respeitá-lo. Ela faz isso por manifestar um “espírito quieto e brando”, por se esforçar em dar-lhe honra ao falar dele e por se empenhar em tornar suas decisões bem-sucedidas. — 1 Ped. 3:3, 4; Tito 2:3-5.

5:25, 28, 29. Assim como “alimenta” a si mesmo, o marido deve ser bom provisor para sua esposa em sentido físico, emocional e espiritual. Deve também acalentá-la por passar tempo suficiente com ela e tratá-la carinhosamente em palavras e ações.

6:10-13. A fim de resistir às forças demoníacas, temos de nos esforçar de todo o coração a nos revestir da armadura espiritual de Deus.

“PROSSIGAMOS ANDANDO ORDEIRAMENTE”
(Fil. 1:1–4:23)

A carta de Paulo aos filipenses transpira amor. “Isto é o que continuo a orar”, disse ele, “que o vosso amor abunde ainda mais e mais com conhecimento exato e pleno discernimento”. Para ajudá-los a evitar o laço do excesso de confiança, Paulo exortou: “Persisti em produzir a vossa própria salvação com temor e tremor.” — Fil. 1:9; 2:12.

Paulo incentivou os que eram maduros a se empenharem “para alcançar o alvo do prêmio da chamada para cima, da parte de Deus”. Ele declarou: “Ao ponto que fizemos progresso, prossigamos andando ordeiramente nesta mesma rotina.” — Fil. 3:14-16.

Auxílio na compreensão bíblica:

1:23 — Que “duas coisas” pressionavam Paulo, e que “livramento” ele ansiava? Pelas circunstâncias em que se encontrava, Paulo estava sob pressão causada pelas duas possibilidades que se lhe apresentavam: vida ou morte. (Fil. 1:21) Embora não declarasse o que escolheria, ele revelou o que desejava — “o livramento e o estar com Cristo”. (Fil. 3:20, 21; 1 Tes. 4:16) Esse “livramento” durante a regência de Cristo resultaria em Paulo receber a recompensa que Deus lhe havia preparado. — Mat. 24:3.

2:12, 13 — De que modo Deus faz com que ‘tanto queiramos como atuemos’? O Espírito Santo de Yehowah pode agir em nosso coração e mente para aumentar o desejo de darmos o melhor no seu serviço. Assim, enquanto ‘persistimos em produzir a nossa própria salvação’, não ficamos sem ajuda.

Lições para nós:

1:3-5. Mesmo sendo materialmente pobres, os filipenses nos deram um bom exemplo de generosidade. — 2 Cor. 8:1-6.

2:5-11. Como mostra o exemplo de Jesus, a humildade não é sinal de fraqueza, mas de força moral. Além disso, Yehowah exalta os humildes. — Pro. 22:4.

3:13. As “coisas atrás” podem ser coisas tais como uma carreira lucrativa, a segurança de pertencer a uma família rica ou até mesmo pecados sérios do passado dos quais nos arrependemos e ‘fomos lavados’. (1 Cor. 6:11) Devemos esquecer essas coisas, isto é, deixar de nos preocupar com elas e ‘nos esticar para alcançar as coisas na frente’.

“ESTABILIZADOS NA FÉ”
(Col. 1:1–4:18)

Em sua carta aos colossenses, Paulo contra-atacou os conceitos errados dos falsos instrutores. Ele ponderou que a salvação depende, não dos requisitos da Lei, mas de ‘continuar na fé’. Paulo incentivou os colossenses a ‘prosseguir andando em união com Cristo, arraigados, e sendo edificados nele e estabilizados na fé’. Como tal estabilização deveria afetá-los? — Col. 1:23; 2:6, 7.

“Além de todas estas coisas”, escreveu Paulo, “revesti-vos de amor, pois é o perfeito vínculo de união. Também, a paz do Cristo domine nos vossos corações”. O apóstolo lhes disse: “O que for que fizerdes, trabalhai nisso de toda a alma como para Yehowah, e não como para homens.” A respeito dos de fora da congregação, ele disse: “Prossegui andando em sabedoria para com” eles. — Col. 3:14, 15, 23; 4:5.


Auxílio na compreensão bíblica:

2:8 — O que são “as coisas elementares do mundo” contra as quais Paulo alertou? São os componentes do mundo de Satanás — coisas fundamentais, ou princípios, que o compõem, direcionam ou motivam. (1 João 2:16) Entre esses estão a filosofia, o materialismo e as religiões falsas do mundo.

4:16 — Por que a carta aos laodicenses não faz parte da Bíblia? Talvez porque essa carta não contivesse informações necessárias para os nossos dias. Ou pode ser que ela repetisse pontos de outras cartas canônicas.

Lições para nós:

1:2, 20. O resgate, uma provisão da graça imerecida de Deus, pode limpar nossa consciência da culpa e nos dar paz interior.

2:18, 23. “Humildade fingida” — uma ostentação de humildade para impressionar outros talvez por renunciar coisas materiais ou por tratar o corpo com severidade — é um indicativo de a pessoa estar ‘enfunada devido à carnalidade da mente’.
0 Deixe seu comentário:
Postar um comentário