quinta-feira, 9 de julho de 2009

Postado por Eduardo G. Junior Em | No comments

estudo biblico sobre os cambistasCambistas nos tempos bíblicos

Alguém cuja função incluía cambiar uma moeda em outra, e moedas de certo valor em outras de valor diferente. Para cada transação, o cambista recebia certa taxa. Assim, a palavra grega kollybistés (cambista) vem do termo kóllybos, a pequena moeda paga como comissão pelo câmbio do dinheiro. A palavra grega kermatistés (corretor de dinheiro ou trocador de moedas), em João 2:14, é aparentada com kérma, traduzida ‘moeda’ no versículo seguinte. Outros serviços mencionados na Míxena judaica como prestados pelos cambistas eram a custódia de dinheiro e o pagamento de salários diante da apresentação de ordens de pagamento. — Bava Mezia 3:11; 9:12.

No tempo do ministério terrestre de Jesus, o imposto anual do templo era de duas dracmas (uma didracma). (Mt 17:24) Uma vez que judeus de terras muito espalhadas vinham a Jerusalém para celebrar a Páscoa, e pagavam este imposto nessa ocasião, talvez fossem necessários os serviços dos cambistas, para trocar moedas estrangeiras em dinheiro aceitável como pagamento do imposto do templo, se não também para a compra dos animais sacrificiais e de outros itens. De acordo com a Míxena (Shekalim 1:3), no dia 15 de adar, ou cerca de um mês antes da Páscoa, os cambistas montavam seus negócios nas províncias. Mas no dia 25 de adar, quando os judeus e prosélitos de muitas outras terras começavam a chegar a Jerusalém, os cambistas se estabeleciam na área do templo.

Foi no templo que Jesus Cristo, em duas ocasiões, derrubou as mesas dos cambistas e os condenou por terem tornado o templo uma “casa de comércio” ou um “covil de salteadores”. (Jo 2:13-16; Mt 21:12, 13; Mr 11:15-17) Isto pode sugerir que Jesus considerou exorbitantes as taxas cobradas pelos cambistas. Neste sentido, é digno de nota que houve épocas em que se obtiveram grandes lucros com a venda de animais sacrificiais. A Míxena fala de uma época em que o preço de dois pombos chegou a ser de um denar de ouro (25 denares de prata). Isto induziu Simeão, filho de Gamaliel, a declarar: “Santo Templo! Não suportarei ver passar a noite sem custarem apenas um denar [de prata].” Nesse mesmo dia, o preço foi drasticamente reduzido. — Keritot 1:7 (da tradução para o inglês por H. Danby).

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Compartilhe Este Artigo

Delicious Digg Facebook Favorites More Stumbleupon Twitter

Pesquise outros Estudos