Biblioteca com mais de 5 mil estudos bíblicos gratuitos e centenas de livros evangélicos para baixar em PDF.

sábado, 4 de julho de 2009

Esboço do Livro de Atos dos Apóstolos

esboço do livro de atos dos apóstolosEsboço do livro de Atos dos Apóstolos: O início da congregação cristã e um registro do seu zeloso testemunho público em face de feroz perseguição.

Tempo abrangido: 33 a c. 61 EC.

Antes de ascender ao céu, Jesus comissiona seguidores a ser testemunhas dele como o Messias de Deus. (1:1-26)

Depois de receberem espírito santo, os discípulos testemunham com denodo em muitas línguas. (2:1-5:42)

Judeus em Jerusalém, procedentes de muitas terras, recebem testemunho na sua própria língua; cerca de 3.000 são batizados.

Pedro e João são presos e levados perante o Sinédrio; declaram destemidamente que não pararão de dar testemunho.

Cheios de espírito santo, todos os discípulos proclamam a palavra de Deus com denodo; multidões tornam-se crentes.

Apóstolos são presos; um anjo os liberta; levados perante o Sinédrio, declaram: “Temos de obedecer a Deus como governante antes que aos homens.”

A perseguição resulta na expansão do testemunho. (6:1-9:43)

Estêvão é preso, dá destemido testemunho, morre como mártir.

A perseguição espalha todos, menos os apóstolos; testemunho dado em Samaria; eunuco etíope é batizado.

Jesus aparece ao perseguidor Saulo; Saulo é convertido, batizado, começa ministério zeloso.

Sob direção divina, o testemunho atinge gentios incircuncisos. (10:1-12:25)

Pedro prega a Cornélio, sua família e seus amigos; estes crêem, recebem espírito santo e são batizados.

O relatório do apóstolo sobre isso promove adicional expansão entre as nações.

Viagens evangelizadoras de Paulo. (13:1-21:26)

Primeira viagem: A Chipre, Ásia Menor. Paulo e Barnabé com denodo dão testemunho em público e nas sinagogas; expulsos de Antioquia; atacados por turba em Icônio; em

Listra, primeiro tratados como deuses, depois Paulo é apedrejado.

Questão da circuncisão decidida pelo corpo governante em Jerusalém; Paulo e Barnabé designados para informar os irmãos que a circuncisão não é exigida, mas que crentes têm de abster-se de coisas sacrificadas a ídolos, de sangue e de fornicação.

Segunda viagem: De novo atravessam a Ásia Menor, indo para a Macedônia e a Grécia. Encarcerados em Filipos, mas carcereiro e sua família são batizados; judeus instigam dificuldades em Tessalônica e Beréia; em Atenas, Paulo prega na sinagoga, na feira, daí no Areópago; ministério de 18 meses em Corinto.

Terceira viagem: Ásia Menor, Grécia. Ministério efésio frutífero, daí, levante dos prateiros; o apóstolo admoesta os anciãos.

Paulo é preso, dá testemunho a autoridades, é levado a Roma. (21:27-28:31)

Depois de atacado por turba em Jerusalém, Paulo perante o Sinédrio.

Paulo, como preso, dá testemunho denodado perante Félix, Festo e o Rei Herodes Agripa II, também no navio em caminho para Roma.

Preso em Roma, Paulo continua a achar meios de pregar sobre Cristo e o Reino.
0 Deixe seu comentário:
Postar um comentário