segunda-feira, 20 de julho de 2009

Posted by Eduardo G. Junior In , | No comments
PROVÉRBIOS, LIVRO, ESBOÇO, RESUMO, SÍNTESEESBOÇO DO LIVRO DE PROVÉRBIOS

O Livro de Provérbios é constituído de seções em forma de discursos, bem como de coleções de declarações sábias sobre assuntos práticos da vida. Embora seja atribuído principalmente ao Rei Salomão, Provérbios só foi compilado na sua inteireza por volta da época do reinado de Ezequias. O valor superior da sabedoria.

Sabedoria, junto com compreensão, é a coisa principal. (4:5-8; 16:16)

Elementos essenciais para se adquirir sabedoria. (2:1-9; 13:20)

Benefícios resultantes da sabedoria, tais como segurança, proteção, honra e vida mais longa e mais feliz. (2:10-21; 3:13-26, 35; 9:10-12; 24:3-6, 13, 14)

A sabedoria personificada foi o colaborador de Javé. (8:22-31)

As consequências amargas de se deixar de agir sabiamente. (1:24-32; 2:22; 6:12-15)


§ 1. Atitude correta para com Javé.

Confie em Javé. (3:5, 6; 16:20; 18:10; 29:25)

Tema-o e evite a maldade. (3:7; 10:27; 14:26, 27; 16:6; 19:23)

Honre-o por apoiar a adoração verdadeira. (3:9, 10)

Aceite Sua disciplina como expressão de amor. (3:11, 12)

Mostre apreço por Sua palavra. (3:1-4; 30:5, 6)

Descubra o que Javé odeia e aja em harmonia com esse conhecimento. (6:16-19; 11:20; 12:22; 16:5; 17:15; 28:9)

Se agradarmos a Javé, ele cuidará de nós, nos protegerá e ouvirá nossas orações. (10:3, 9, 30; 15:29; 16:3)

§2. Conselhos excelentes para governar a vida familiar.

A esposa capaz é uma bênção da parte de Javé. (12:4; 14:1; 18:22; 31:10-31)

Os pais devem treinar e disciplinar os filhos. (13:1, 24; 22:6, 15; 23:13, 14; 29:15, 17)

Os filhos devem respeitar profundamente os pais. (1:8, 9; 4:1-4; 6:20-22; 10:1; 23:22-26; 30:17)

Amor e paz são qualidades muito desejáveis no lar. (15:16, 17; 17:1; 19:13; 21:9, 19)

Resista à imoralidade e estará evitando muita dor e sofrimento. (5:3-23; 6:23-35; 7:4-27; 9:13-18)

§ 3. Características que devem ser cultivadas, e as que devem ser evitadas.

Cultive consideração amorosa para com os pobres e os aflitos. (3:27, 28; 14:21, 31; 19:17; 21:13; 28:27)

Seja generoso, evite a ganância. (11:24-26)

Cultive a diligência; não seja preguiçoso. (6:6-11; 10:26; 13:4; 20:4; 24:30-34; 26:13-16)

Modéstia e humildade trazem honra; presunção e orgulho conduzem à humilhação. (11:2; 16:18, 19; 25:6, 7; 29:23)

Exerça autodomínio na questão da ira. (14:29; 16:32; 25:28; 29:11)

Evite ter espírito maldoso ou o desejo de vingança. (20:22; 24:17, 18, 28, 29; 25:21, 22)

Pratique a justiça em tudo. (10:2; 11:18, 19; 14:32; 21:3, 21)

§4 Orientações práticas para a vida cotidiana.

Corresponda corretamente à disciplina, à repreensão e ao conselho. (13:18; 15:10; 19:20; 27:5, 6)

Seja amigo genuíno. (17:17; 18:24; 19:4; 27:9, 10)

Seja criterioso ao aceitar hospitalidade. (23:1-3, 6-8; 25:17)

O materialismo é fútil. (11:28; 23:4, 5; 28:20, 22)

O trabalho árduo resulta em bênçãos. (12:11; 28:19)

Desenvolva práticas comerciais honestas. (11:1; 16:11; 20:10, 23)

Tome cuidado no que diz respeito a ser fiador de outros, especialmente de estranhos. (6:1-5; 11:15; 22:26, 27)

Evite conversa prejudicial; certifique-se de que sua conversa seja edificante. (10:18-21, 31, 32; 11:13; 12:17-19; 15:1, 2, 4, 28; 16:24; 18:8)

A lisonja é traiçoeira. (28:23; 29:5)

Evite altercações. (3:30; 17:14; 20:3; 26:17)

Evite más companhias. (1:10-19; 4:14-19; 22:24, 25)

Aprenda a lidar sabiamente com zombadores, bem como com tolos. (9:7, 8; 19:25; 22:10; 26:4, 5)

Evite as armadilhas de bebidas alcoólicas. (20:1; 23:29-35; 31:4-7)

Não inveje os iníquos. (3:31-34; 23:17, 18; 24:19, 20)

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Compartilhe Este Artigo

Delicious Digg Facebook Favorites More Stumbleupon Twitter

Pesquise outros Estudos