Biblioteca com mais de 5 mil estudos bíblicos gratuitos e centenas de livros evangélicos para baixar em PDF.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Abirão — Estudos Bíblicos

Abirão — Estudos BíblicosAbirão
[Pai É Elevado (Exaltado)].

1. Rubenita, filho de Eliabe e irmão de Datã e Nemuel. Era chefe de família, e um dos principais homens de Israel na época do Êxodo do Egito. — Núm 26:5-9.

Abirão e seu irmão Datã apoiaram Corá, o levita, em sua rebelião contra a autoridade de Moisés e Arão. Um terceiro rubenita, chamado Om, também é incluído no estágio inicial da rebelião, mas, depois disso, não é mais mencionado. (Núm 16:1) Tendo ajuntado um grupo de 250 maiorais, que eram “homens de fama”, estes homens acusaram Moisés e Arão de arbitrariamente se elevarem sobre os demais da congregação. (Núm 16:1-3) Pelas palavras de Moisés a Corá, torna-se evidente que Corá e seus seguidores dentre os levitas ambicionavam o sacerdócio que fora conferido a Arão (Núm 16:4-11); mas isto evidentemente não se dava com Abirão e Datã, que eram rubenitas. Moisés lidou com eles em separado, e sua rejeição da convocação de Moisés para comparecerem perante ele contém acusações dirigidas unicamente contra Moisés, sem se mencionar Arão. Clamaram contra a liderança de Moisés sobre a nação e disseram que ele ‘tentava bancar ao máximo o príncipe sobre eles’, e que deixara de cumprir a promessa de guiá-los a uma terra que manasse leite e mel. A oração de Moisés a Yehowah, em resposta a tais acusações, contém semelhantemente uma defesa de suas próprias ações, e não as de Arão. — Núm 16:12-15.

Disto pareceria que a rebelião tinha dois aspectos, e visava não só o sacerdócio arônico, mas também a posição de Moisés como administrador das instruções de Deus. (Sal 106:16) A situação talvez parecesse oportuna para a organização do sentimento popular em favor duma mudança, visto que pouco antes o povo se havia queixado duramente de Moisés, falara sobre a nomeação de novo cabeça para liderar a nação de volta ao Egito, e até mesmo falara de apedrejar Josué e Calebe por apoiarem Moisés e Arão. (Núm 14:1-10) Rubem era o primogênito de Jacó, mas perdera o direito à herança como tal, devido à ação errada. (1Cr 5:1) Assim, Datã e Abirão talvez expressassem ressentimentos pelo exercício de autoridade sobre eles por parte de Moisés, o levita, por desejarem recuperar o primado perdido de seu antepassado. Números 26:9, porém, mostra que sua luta não era só contra Moisés e Arão, mas também “contra Yehowah”, que havia divinamente comissionado Moisés e Arão para ocuparem posições de autoridade.

Visto que a família dos coatitas (em que estava incluída a família de Corá) acampava do lado S do tabernáculo, o mesmo lado que os rubenitas, é possível que a tenda de Corá ficasse próxima das de Datã e Abirão. (Núm 2:10; 3:29) Na ocasião em que Deus expressou seu julgamento, Datã e Abirão estavam de pé à entrada de suas tendas, ao passo que Corá e 250 apoiadores rebeldes se encontravam reunidos junto à entrada da tenda de reunião, com seus incensários na mão. Daí, depois da exortação de Moisés, para que os demais do povo se afastassem das proximidades das tendas dos três cabeças da rebelião, Deus manifestou sua condenação do proceder desrespeitoso deles por fazer com que o solo se abrisse sob as tendas de tais homens, tragando Datã e Abirão, e as famílias deles. (Núm 16:16-35; De 11:6; Sal 106:17) A família de Corá, com a exceção de seus filhos, pereceu também. O próprio Corá morreu junto com os 250 rebeldes, destruídos por fogo diante do tabernáculo. (Núm 16:35; 26:10, 11) Assim, a rebelião contra a autoridade divinamente designada teve um rápido fim, e, por causa da participação de Abirão nela, seu nome foi extirpado de Israel.

2. Filho primogênito de Hiel, o betelita. Em Josué 6:26 registra-se o juramento de Josué a respeito da destruída cidade de Jericó, predizendo que aquele que porventura a reconstruísse sofreria a perda de seu filho primogênito. O pai de Abirão, Hiel, desconsiderou este juramento, e, durante o reinado do Rei Acabe (c. 940-920 AEC), uns cinco séculos depois do tempo de Josué, ele lançou os alicerces de Jericó. Abirão, seu filho, morreu, evidentemente de modo prematuro, como historicamente registrado cumprimento da profecia. — 1Rs 16:34.
0 Deixe seu comentário:
Postar um comentário