terça-feira, 10 de novembro de 2009

os pregadores da palavra de deus
Pregadores e Instrutores da Palavra.

O maior expoente e apoiador da inspirada palavra da verdade de Javé foi o Senhor Jesus Cristo. Ele assombrou as pessoas com seus métodos de ensino (Mt 7:28, 29; Jo 7:46), todavia, não assumiu nenhum crédito para si, dizendo: “A palavra que estais ouvindo não é minha, mas pertence ao Pai que me enviou.” (Jo 14:24; 17:14; Lu 5:1) Os fiéis discípulos de Cristo foram aqueles que permaneceram em sua palavra, e isto, por sua vez, os libertou da ignorância, da superstição e do temor, bem como da escravidão ao pecado e à morte. (Jo 8:31, 32) Muitas vezes foi necessário que Jesus discordasse dos fariseus, cujas tradições e ensinos tornavam vã a “palavra [ou declaração] de Deus”. — Mt 15:6; Mr 7:13.

A questão não é apenas ouvir a palavra de Deus ser pregada. Em vez disso, é também essencial agir de acordo com essa mensagem e mostrar obediência a ela. (Lu 8:21; 11:28; Tg 1:22, 23) Depois de serem bem treinados para o ministério, os apóstolos e os discípulos, por sua vez, obedeceram à palavra e empreenderam, eles próprios, a pregação e o ensino. (At 4:31; 8:4, 14; 13:7, 44; 15:36; 18:11; 19:10) Em resultado disso, “a palavra de Deus crescia e o número dos discípulos multiplicava-se”. — At 6:7; 11:1; 12:24; 13:5, 49; 19:20.

Os apóstolos e seus associados não eram vendedores ambulantes das Escrituras, como os falsos pastores. O que pregavam era a franca e inadulterada mensagem de Deus. (2Co 2:17; 4:2) O apóstolo Paulo disse a Timóteo: “Faze o máximo para te apresentar a Deus aprovado, obreiro que não tem nada de que se envergonhar, manejando corretamente a palavra da verdade.” Ademais, ordenou-se a Timóteo: “Prega a palavra, ocupa-te nisso urgentemente, em época favorável, em época dificultosa.” (2Ti 2:15; 4:2) Paulo também aconselhou as esposas cristãs a zelar da conduta, “para que não se [falasse] da palavra de Deus de modo ultrajante”. — Tit 2:5.

Desde quando o Diabo contradisse o que Deus dissera no jardim do Éden, tem havido muitos oponentes satânicos à palavra de Deus. Muitos que defenderam a palavra de Deus perderam a vida por isso, como testificam tanto a profecia bíblica como a história. (Ap 6:9) É também um fato comprovado pela história que a perseguição tem fracassado em impedir a proclamação da palavra de Deus. — Fil 1:12-14, 18; 2Ti 2:9.

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Compartilhe Este Artigo

Delicious Digg Facebook Favorites More Stumbleupon Twitter

Pesquise outros Estudos