quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

BÍBLIA, ORIGEM, PALAVRA, TEOLOGIA
A palavra “Bíblia” é o equivalente do termo grego biblia (diminutivo de biblos, a entrecasca do papiro), significando originalmente “livros”. A frase “os livros” (ta biblia) ocorre em Dan 9:2 (Septuaginta) para os escritos proféticos. No prólogo do Eclesiástico (“o resto dos livros”) designa geralmente o Antigo Testamento, do mesmo modo em 1 Mac 12:9 (“os livros sagrados”). O uso passou para a igreja cristã para o Antigo Testamento (2 Clem 14:2), e assim por diante (por volta do século 5), e foi estendido para todas as Escrituras. O mome que Jerônimo deu para a Bíblia (no século IV) foi a “Biblioteca Divina" (Bibliotheca Divina). Depois veio uma mudança importante do plural para o significado singular. “Com o tempo, esse nome, com muitos outros de origem grega, passou para o vocabulário da igreja ocidental, e no século 13, por um solecismo feliz, o plural neutro passou a ser considerado como um singular feminino, e “Os Livros” tornou-se de comum acordo “O Livro” (biblia, singular), de que forma a palavra foi passada para as línguas da Europa moderna” (Westcott, Bíblia na Igreja (Em inglês), 5). Suas primeiras ocorrências em Inglês estão em Piers Plowman, Chaucer e Wycliffe.

Fonte: International Standard Bible Encyclopedia de James Orr, M.A., D.D., Editor General

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Compartilhe Este Artigo

Delicious Digg Facebook Favorites More Stumbleupon Twitter

Pesquise outros Estudos