2009/05/14

Comentário de João 4:5

Foi, pois, a uma cidade de Samaria, chamada Sicar,... Agora chamada Neápolis;[1] o mesmo que “Siquém”, como fica evidente da sua localização.

Junto da herdade que Jacó tinha dado a seu filho José;... Veja Gn 33:18; e é, ou o mesmo, apenas sendo mudado a terminação de “em” para “ar”, como em Aça para Acar, 1Crôn. 2:7. Ou é um novo nome que lhe fora dada, e pela qual era no tempo de Cristo conhecida; e pode ser assim chamada, ou de סוכר, “Soquer”, que significa sepultura; porque aqui José e seus patriarcas foram enterrados, Jos. 24:32. Ou, antes, era um nome de repreensão, e assim chamado de שכר, “embriagados”; visto que os Efraimitas, a posteridade de José, que habitava essas partes, eram conhecidos pelo pecado da embriaguez; veja Isa. 28:1. Portanto, “Sicar Siquém” significa “bêbado de Siquém”; mencionado no Talmude,
[2] de um lugar chamado de סיכרא, “Sicar”. A “herdade”, ou “campo”, como em Gn. 33:19 é pela versão Persa chamada “um vinhedo”; e assim Nonnus verte, “um campo com vinhedos plantados”; e que pode servir para confirmar a conjectura acima, concernente “Sicar” sendo um termo de repreensão.



Fonte: John Gill's Exposition of the Entire Bible


___________
Notas:
[1] Hieron. Epitaph. Paulae, Tom. I. fol. 59. & R. Benjamin Itin. p. 38.
[2] T. Bab. Bava Metzia, foi. 42. 1. & 83. 1. & Cholin, fol. 94.

2 comentários:

Gabriel disse...

MUITO BOM
EU ESTAVA PRECISANDO DESTE ESCLARECIMENTO
DEUS VOS ABENÇOE E CONTINUE NESSE BELO TRABALHO MISSIONÁRIO PELA INTERNET

Unknown disse...

Parabéns, me ajudou A preparar meu sermão, Deus continue abençoando.

Postar um comentário