2009/06/13

Comentário de João 7:32-34

7:32 - Os Fariseus ouviam que o povo murmurava,… Ou cochichava, privadamente conversava entre eles:comentario do evangelho de João, comentario biblico

Tais coisas concernente a ele;… Como que, de fato, deve ser ele o Messias, visto que tais coisas maravilhosas foram feitas por ele, e podia expressar algum surpresa em suas mentes, que os governantes não tinham aceito-o como tal:

E os Fariseus, e os principais sacerdotes, enviaram oficiais para segurá-lo: Para trazê-lo diante do Sinédrio, para ser condenado por eles, e assim impedir que o povo o recebesse e de acreditar que ele é o Messias; temendo que as coisas tomem tamanhas proporções que seus princípios e práticas fossem rejeitadas e suas pessoas e autoridade fossem prejudicadas.

7:33 - Então, disse Jesus a eles,… Aos Oficiais que foram enviados para segurá-lo, e outros Judeus descrentes que estavam perto dele:

Ainda mais um pouco estou eu convosco;… Não mais até a próxima páscoa, que era apenas cerca de um semestre a mais: isso ele podia dizer, em parte, para prender a atenção das pessoas nele, para fazer o melhor uso e aprimoramento de seu ministério, visto que em pouco tempo ele seria removido do meio deles; em parte, para sugerir entre os oficiais que foram enviados para segurá-lo, que eles, e seus mestres, não precisavam ficar assim tão incomodados, pois mais um pouco de tempo ele deveria levado embora, e até esse tempo ele devia continuar apesar deles.

E [então] eu irei para aquele que me enviou;... Ainda confirmando sua comissão da parte de Deus, expressando a sua morte por ir, e como sendo voluntário, e querendo dizer a sua glória e felicidade por meio disso.

7:34 - Vós me buscareis,… Ou seja, o Messias, quem ele era; querendo dizer que depois de sua partida, eles estarão em grande pesar e ficarão em grande inquietação sobre a vinda do Messias, para ser o Redentor e Libertador deles de seus problemas:

E não [me] achareis;… Nenhum Messias aparecerá, nenhum Salvador sera enviado, nenhum Redentor virá para livrá-los; eles buscarão e procurarão em vão, como eles fizeram.

E onde eu estou, vós não poder vir;… Querendo dizer que, não apenas o estado e condição temporal deles estaria em grande dificuldades e miserabilidade, mas também o estado eterno; visto que eles não eram capazes de vir para onde ele estaria em sua natureza humana, e onde ele agora estava como uma pessoa divina, a saber, nos céus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário