2009/08/10

Comentário de John Gill: João 2:3

comentário do evangelho de joão 2:3 - E quando eles ficaram sem vinho,... Ou o vinho acabou; não devia a intemperança dos convidados, antes, devido à pobreza da família, que não tinha condições de prover amplamente; e pode ser que tivesse havido muitos convidados; no entanto, assim foi ordenado pela Providência Divina, para que ouvesse uma oportunidade para Cristo manifestar sua glória.

A mãe de Jesus disse a ele, eles não têm mais vinho;... Estando preocupada com a família, para que eles não devessem ser postos à envergonhar e desgraça, e o entretenimento não deveria proceder com crédito vistoso e honroso; e sabendo do poder de Cristo para ajudar neste tempo de necessidade, ela move-se modestamente a ele, talvez por um sussurro, sentando perto dele; ou pode ser por convocá-lo, e dando uma sugestão; sendo persuadida sobre o bem do poder dele; não de qualquer milagre realizado por ele na sua família para o apoio desse pedido, quando em angústia; porque como Cristo não tinham realizado nenhum milagre, até então, no tempo do seu ministério público, para o apoio dele, ou os seus discípulos, mas para outros, não é provável que ele tivesse feito qualquer coisa para a família dele em vida privada; mas das coisas maravilhosas que lhe falou o anjo que trouxe as notícias da sua concepção, e pelos pastores, e por Simeão e Ana, que ela tinha se deleitado com as declarações e as guardado no seu coração;[1] e do ser ele o Messias, de acordo com a convicção geral da nação, de que ele operaria milagres; e particularmente das últimas palavras do capítulo precedendo; Veja nas notas de Gill em João 1:50, porque ela poderia estar presente à entrega deles; e então poderia esperar que fosse a primeira oportunidade depois da que se ofereceu, que ele exibiria o seu poder provendo a família com vinho por este tempo.


___________
Notas
[1] Cf. Lucas 2:19. N do T.

Nenhum comentário:

Postar um comentário