O Anjo do Senhor no Antigo Testamento




SENHOR, ANJO, ANTIGO, TESTAMENTO, ESTUDO
3. O Anjo da Teofania

Este anjo é chamado de “o anjo do Senhor”, e “o anjo da presença (ou face) de Javé”. As seguintes passagens contêm referências a esse anjo: Gen 16:7 - o anjo e Hagar; Gen 18 - Abraão intercede com o anjo por Sodoma; Gen 22:11 - o anjo interpõe-se para impedir o sacrifício de Isaac; Gen 24:7, Gen 24:40 - Abraão manda Eliezer e promete proteção do anjo; Gen 31:11 - o anjo que aparece a Jacó diz: “Eu sou o Deus de Betel”; Gen 32:24 - Jacó luta com o anjo e diz: “Eu vi Deus face a face”; Gen 48:15 - Jacó fala de Deus e do anjo como idênticos; Ex 3 (Compare Atos 7:30) - o anjo aparece a Moisés na sarça ardente; Exo 13:21; 14:19 (compare Num 20:16) – Deus, ou o anjo, leva a Israel do Egito; Exo 23:20 - as pessoas são ordenados a obedecer ao anjo; Ex 32:34 com 33:17 (compare Isa 63:9) - Moisés implora a presença de Deus com o Seu povo; Josué 5:13 até 6:2 - o anjo aparece a Josué; Juizes 2:1-5, anjo fala para o povo; Jz 6:11 - o anjo aparece a Gedeão.

Um estudo dessas passagens mostra que quando o anjo e Javé, às vezes, são distintos um do outro, eles são com a mesma frequência, e, as mesmas passagens, mesclados entre si. Como isso pode ser explicado? É óbvio que nestas aparições não pode ser o próprio Deus Todo-Poderoso, a quem nenhum dos homens viu, nem pode ver. Na busca da explicação deve ser dada especial atenção a dois dos trechos citados acima. Em Exo 23:20 Deus promete enviar um anjo diante de Seu povo para levá-los à terra prometida, e eles são ordenados a obedecer-lhe e não provocá-lo “pois ele não irá perdoar sua transgressão, pois o meu nome está nele.” Assim o anjo pode perdoar pecados, o que só Deus pode fazer, porque o nome de Deus, isto é, seu caráter, e, portanto, sua autoridade, estão no anjo. Além disso, na passagem de Ex 32:34 até 33:17, Moisés intercede pelo povo após a sua primeira violação do pacto, onde Deus responde: “Eis o meu anjo que irá adiante de ti”, e imediatamente depois Deus diz: “Eu não vou subir no meio de ti”. Em resposta a mais uma súplica, Deus diz: “Minha presença irá contigo, e eu te darei descanso.” Aqui está uma distinção clara entre um anjo comum e o anjo que carrega consigo a presença de Deus. A conclusão pode ser resumida nas palavras de Davidson em sua Teologia do Antigo Testamento (em inglês): “Em especiais providências podemos identificar a presença de Javé em influência e operação; em manifestações angélicas comuns, uma pessoa pode descobrir o Senhor presente em alguns lados do seu Ser, em algum atributo do Seu caráter; no anjo do Senhor Ele está plenamente presente como o Deus da aliança de Seu povo, para redimi-los.” A questão ainda permanece: Quem é o anjo teofânico? Para isso muitas respostas foram dadas, de que a seguir podem ser mencionadas: (1) Este anjo é simplesmente um anjo com uma comissão especial, (2) Ele pode ser uma descida momentânea de Deus em visibilidade; (3) Ele pode ser o Logos, uma espécie de pré-encarnação temporária da segunda pessoa da Santíssima Trindade. Cada um tem as suas dificuldades, mas a última é certamente a mais tentadora para a mente. No entanto, deve ser lembrado que na melhor das hipóteses são apenas conjecturas que tocam em um grande mistério. É certo que desde o início, Deus usou anjos em forma humana, com vozes humanas, a fim de comunicar-se com o homem; e as aparições do anjo de Javé, com a sua relação especial de redenção para o povo de Deus, mostrou o trabalho da auto-revelação divina que culminou com a vinda do Salvador, e são, portanto, um sombreamento prévio, e uma preparação para a revelação plena de Deus em Jesus Cristo. Mais do que isso, não é seguro prosseguir.


Fonte: International Standard Bible Encyclopedia de James Orr, M.A., D.D., Editor General

O Anjo do Senhor no Antigo Testamento O Anjo do Senhor no Antigo Testamento Reviewed by Biblioteca Bíblia on sexta-feira, novembro 20, 2009 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.