2011/02/16

Ortodoxia — Teologia do Novo Testamento


Os resultados alcançados pelos reformadores no estudo histórico da Bíblia foram esquecidos rapidamente, no período imediatamente posterior à Reforma, e a Bíblia foi mais uma vez utilizada sem uma perspectiva crítica e histórica, para servir de apoio à doutrina ortodoxa. A Bíblia foi considerada um livro isento de erros e contradições, assim como um livro sem desenvolvimento ou progresso. A Bíblia, em seu todo, foi considerada como possuindo um nível único de valor teológico. A História foi completamente absorvida pelo dogma e a filologia tornou-se um ramo da dogmática.


FONTE: Teologia do Novo Testamento - Ladd, George Eldon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário