2011/03/15

Evangelho de João — Harmonia com os Sinóticos

Evangelho de João — Harmonia com os Sinóticos

Evangelho de João — Harmonia com os Sinóticos


Ao olharmos para os sinóticos, não pretendemos observar unilateralmente apenas as diferenças, mas também a concordância interna. Será que a pessoa que teve a ousadia de transmitir a seus discípulos a colossal palavra: Vós sois a luz do mundo, não teria afirmado primeiro sobre si próprio: Eu sou a luz do mundo? Também nos sinóticos se encontram palavras da incomparável majestade de Jesus, e também elas estão imbricadas com esse extraordinário senso de envio que se expressa na afirmação: Eu vim (p. ex., Mt 10.34-37 em combinação com Dt 33.9; Mt 5.17; 9.13; 18.11; 20.28; Lc 6.46 em combinação com Lc 12.49). Desde sempre se constatou a conotação joanina no autotestemunho e convite redentor de Mt 11.25-30. Cumpre compreender as diferenças permanentes entre João e os sinóticos. Não há nelas uma razão compulsória para colocar em dúvida o autotestemunho do evangelho de João e a tradição eclesiástica sobre a autoria do apóstolo João.

Nenhum comentário:

Postar um comentário