2015/09/04

Significado de Jeremias 9

Significado de Jeremias 9 

Significado de Jeremias 9


Jeremias 9

9.1 — Meus olhos, em uma fonte de lágrimas. Jeremias, conhecido como o profeta dos lamentos, identificava-se pessoalmente com o sofrimento de seu povo. Neste ponto, ele expressa o desejo de que suas lágrimas fluíssem ininterruptamente.

9.2-11 — Essa seção apresenta o julgamento paralelamente ao lamento anterior. Jeremias estava constantemente dividido entre o remorso e a ira, a tristeza e a raiva ao ver a destruição iminente do povo de Deus. O tema dessa passagem é o engano, que caracterizava as relações interpessoais entre o povo de Judá. Essa seção provavelmente foi registrada no início do reinado de Jeoaquim, por volta de 609 a.C.

9.2,3 — Jeremias desejava ter um refúgio no deserto onde pudesse ficar livre da agonia, da tristeza, da amargura e da degradação de Jerusalém. A palavra adúlteros refere-se literalmente a maridos e esposas infiéis, mas, aqui, está ligada aos idólatras, os infiéis espirituais.

9.4 — Guardai-vos cada um do seu amigo e de irmão nenhum vos fieis. Os negócios pessoais do povo eram caracterizados por engano, calúnia e desconfiança. Os padrões éticos haviam sucumbido. Enganar, que significa defraudar, é a base do nome Jacó. Assim como Jacó enganou seu irmão — Esaú —, o povo de Judá defraudou seus semelhantes (Gn 27).

9.5,6 — Andam-se cansando em obrar perversamente. O povo havia literalmente se desgastado com perversões. Engano nesse trecho é o mesmo termo utilizado a respeito do ato de Jacó contra Esaú (Gn 27.35). O termo se refere a ludibriar por meio de um discurso falso ou de balanças adulteradas. Recusam conhecer-me. A essência do problema de Judá era sua falta de conhecimento de Deus.

9.7 — Jeremias torna a mencionar a ilustração da fundição (Jr 6.28-30). Deus iria fundir e provar o povo por meio do fogo, a fim de se ver se alguém era fiel a Ele.

9.8,9 — Jeremias cita novamente a imagem do arco e da flecha para ilustrar o engano de Judá (Jr 9.3). A ilustração fala de uma pessoa que conversa de paz com o seu companheiro enquanto arma-lhe ciladas.

9.10, 11 — Pelos montes levantarei choro e pranto. Toda a terra seria assolada pela destruição. Os animais iriam abandonar o território, uma vez que nem sequer uma migalha de alimento permaneceria para as aves e os animais. A cidade santa de Jerusalém iria tornar-se morada de chacais (ara), onde nenhum ser humano viveria. Os chacais são criaturas do deserto que vivem muito distante de toda pessoa. Para que Jerusalém se tornasse um lar de chacais, o povo de Deus não mais estaria habitando ali.

9.12-16 — A explicação para o julgamento e o lamento resumidos em Jeremias 9.2-11 é apresentada em forma de prosa, em três partes: (1) introdução (Jr 9.12); (2) acusação (Jr 9.13, 14); e (3) anúncio do julgamento (Jr 9.15, 16).

9.12 — O homem sábio observa e compreende a ordem natural e as obras de Deus no mundo que ele criou. Nenhum sábio seria encontrado entre os habitantes de Judá e Jerusalém.

9.13,14 — A infidelidade do povo em relação à aliança que havia deixado é indicada pela expressão não deram ouvidos [...] nem andaram. A palavra obedecer, a qual deriva de um termo em hebraico que significa ouvir, implica em uma resposta ativa após ouvir a Palavra de Deus. Em vez de caminhar de acordo com a lei de Deus, o povo agia segundo o propósito ou a teimosia de seu coração.

9.15,16 — Água de fel, termo utilizado em Jeremias 8.14 para descrever o julgamento de Deus, refere-se a algum tipo de bebida envenenada ou salgada. Espalharei entre nações [...] mandarei a espada. O povo de Judá seria exilado de sua terra prometida e até mesmo executado enquanto fugia, porque rejeitou Deus.

9.17 — As carpideiras eram mulheres contratadas para participarem de funerais e expressarem a tristeza dos que sofriam. Jeremias chamou mulheres para cantar lamentos quando Josias morreu (2 Cr 35.25). Aqui, são chamadas para lamentar o colapso de Jerusalém.

9.18 — E se apressem. A urgência em convocar as carpideiras para liderar o povo em um lamento por causa da destruição iminente de Judá.

9.19 — Arruinados. Esse verbo, que significa devastar, é usado frequentemente em Jeremias para se referir à devastação iminente de Jerusalém.

9.20-22 — Ensinai o pranto a vossas filhas. O desastre iminente de Jerusalém era tão grande, que o número de mortos seria grande de tal maneira que multidões de carpideiras treinadas seriam necessárias.

A morte subiu como Mote, um deus cananeu, que supostamente entrava nas casas por uma janela aberta para trazer adversidade, destruição e morte.

Crianças [...] jovens [...] homens. A morte clama suas vítimas sem respeitar sexo ou idade. Os cadáveres permaneceriam como esterco sobre a face do campo (Jr 8.2), ou como gavela deixada nos campos para se decompor.

9.23,24 — O sábio [...] o forte [...] o rico. O povo com quem Jeremias contendia confiava em sua própria capacidade em vez de se apoiar em Deus. Gloriar também pode ser traduzido como gabar-se, que significa elogiar-se. A ideia é a de que o povo deveria encontrar seu verdadeiro significado e dignidade no fato de conhecer Deus e poder celebrar os atributos divinos. O verdadeiro conhecimento do Senhor é decorrente de um relacionamento íntimo com Ele, e é revelado por meio do caráter de uma pessoa. Três atributos de Deus que Ele exige de Seu povo são: beneficência, que significa amor leal; juízo, que quer dizer julgamento e justiça, retidão.

9.25,26 — Deus iria punir ou visitar Judá, juntamente com o incircunciso, ou seja, com as nações vizinhas. A circuncisão, o sinal da aliança de Deus com Abraão, não tinha significado se o coração da pessoa não fosse dedicado a Deus. Aqui, Judá é citado apenas como mais outra nação. Na verdade, nem sequer figura no topo da lista. O objetivo desse texto é semelhante ao conceito da inviolabilidade do templo (Jr 7). Assim como Deus destruiria até mesmo o templo (Jr 7.12-14), também ignoraria a circuncisão, quando ela se tornasse apenas um símbolo externo (Dt 10.12-22).

Índice: Jeremias 1 Jeremias 2 Jeremias 3 Jeremias 4 Jeremias 5 Jeremias 6 Jeremias 7 Jeremias 8 Jeremias 9 Jeremias 10 Jeremias 11 Jeremias 12 Jeremias 13 Jeremias 14 Jeremias 15 Jeremias 16 Jeremias 17 Jeremias 18 Jeremias 19 Jeremias 20 Jeremias 21 Jeremias 22 Jeremias 23 Jeremias 24 Jeremias 25 Jeremias 26 Jeremias 27 Jeremias 28 Jeremias 29 Jeremias 30 Jeremias 31 Jeremias 32 Jeremias 33 Jeremias 34 Jeremias 35 Jeremias 36 Jeremias 37 Jeremias 38 Jeremias 39 Jeremias 40 Jeremias 41 Jeremias 42 Jeremias 43 Jeremias 44 Jeremias 45 Jeremias 46 Jeremias 47 Jeremias 48 Jeremias 49 Jeremias 50 Jeremias 51 Jeremias 52

3 comentários:

Odete disse...

Fico muito maravilhada,com as explicações obtida neste site tem me ajudado muitíssimo meu entendimento,
Toda Gloria seja dado ão Senhor Jesus.

Unknown disse...

Muito maravilhosa essa explicacao Obrigado Senhor so me fortalece mais a tua palavrs e os seus ensino e maravilhoso.

Unknown disse...

Que explicação tremenda e essa muito bom mesmo to abrindo mh mente e entendendo agora

Postar um comentário