2015/09/03

Significado de Jó 3

Significado de Jó 3

Significado de Jó 3 

Jó 3

3.1-3 — Quando abriu Jó a boca e amaldiçoou o seu dia, chegou perto da blasfêmia. A palavra hebraica para amaldiçoar, com o sentido de ver com desprezo, é empregada em outras passagens bíblicas para maldizer a Deus (Êx 22.28; Lv 24.15) ou os pais de alguém (Ex 21.17). A dor de Jó o levara a amaldiçoar o dia de seu nascimento e a noite de sua concepção, que simbolizam aqui a existência dele que culmina nesse infortúnio tão grande (v. 4-10). Contudo, Jó não blasfemou contra Deus. Ele não amaldiçoou os caldeus ou os sabeus, muito menos o Senhor. Tampouco expressou ideias suicidas. Apenas lamentou-se por estar vivo e ter de experimentar tão grande dor.

3.4-11 — O desejo de Jó de nunca ter nascido é compreensível: sua vida estava cheia de pranto (v. 8). È um sério mal-entendido sobre o sentido da existência humana! A Bíblia nos ensina que o propósito da vida do ser humano não é a felicidade própria, mas o louvor e a glória de Deus (Ef 1.3-14).

3.8-19 — Em amaldiçoem-na aqueles que amaldiçoam o dia (v. 8), Jó empregou um verbo no hebraico diferente do que o utilizado em amaldiçoou o seu dia (v. 1), embora ambos tivessem sido traduzidos para o português como amaldiçoar. No auge de sua dor, ele desejou que aqueles que amaldiçoam o dia, ou seja, os que esconjuravam feitiços a pedido de seus clientes, pudessem ter lançado um feitiço para que ele nunca tivesse nascido. A crença de Jó num único Deus (Jó 31.26-28) indica que ele estava falando de forma poética e dramática. Ele não estava apoiando qualquer tipo de mágica pagã, mas empregando termos vívidos e fortes para expressar a intensidade de sua agonia e desespero.

3.20-22 — Mesmo que Jó ansiasse pela morte, não estava pensando em suicídio. O contexto dos outros trechos sugere que ele simplesmente desejava que o Senhor lhe permitisse morrer (Jó 7.15-21; 10.18-22).

3.23-26 — Jó lamentou que Deus o cercara de tal forma que ele não poderia morrer. A ironia está no fato de que Jó percebeu que Deus o cercava de proteção, e ocultou (v. 23) isso para mantê-lo afastado da vontade de morrer, um sentimento comum entre os que sofrem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário