2016/10/18

Êxodo 37 — Comentário de Matthew Henry

Êxodo 37 — Comentário de Matthew Henry

Êxodo 37 — Comentário de Matthew Henry





Êxodo 37

A construção da arca e a mobília do tabernáculo.

No mobiliário do tabernáculo havia emblemas de um serviço espiritual aceitável. O incenso representava as orações dos santos. Os sacrifícios do altar representavam ó cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. A vasilha de ouro com o maná, o pão do céu, a carne de Jesus Cristo que Ele deu pela vida do mundo. O castiçal com as suas lâmpadas, o ensino e a inspiração do Espírito santo. O pão da proposição representava a provisão para aqueles que têm fome e sede de justiça, que servem abundantemente ao Evangelho, às ordenanças e aos sacramentos da casa de oração.

A precisão dos artesãos com a régua deve ser seguida por nós na busca do poder do Espírito santo, para que possamos nos regozijar em Deus e glorificá-lo enquanto estivermos neste mundo, para finalmente estarmos com Ele para sempre.

Índice: Êxodo 1 Êxodo 2 Êxodo 3 Êxodo 4 Êxodo 5 Êxodo 6 Êxodo 7 Êxodo 8 Êxodo 9 Êxodo 10 Êxodo 11 Êxodo 12 Êxodo 13 Êxodo 14 Êxodo 15 Êxodo 16 Êxodo 17 Êxodo 18 Êxodo 19 Êxodo 20 Êxodo 21 Êxodo 22 Êxodo 23 Êxodo 24 Êxodo 25 Êxodo 26 Êxodo 27 Êxodo 28 Êxodo 29 Êxodo 30 Êxodo 31 Êxodo 32 Êxodo 33 Êxodo 34 Êxodo 35 Êxodo 36 Êxodo 37 Êxodo 38 Êxodo 39 Êxodo 40

Nenhum comentário:

Postar um comentário