2015/11/04

Esboço de Eclesiastes 1


O Pregador declara nada ter de valor. Começa revendo sua busca pelo significado da vida, e a primeira conclusão a que chega é que a sabedoria é fútil.

I. O Homem (1.1, 12): O autor apresenta-se como filho do rei Davi — presumivelmente, Salomão — e diz que, em certa época, governou Israel.

II. A Missão (1.13, 16)
A. Sua procura (1.13): Salomão atira-se a uma busca de significado para a vida.

B. Suas características (1.16): Por causa de sua grande sabedoria e seu poder, Salomão sente que possui credenciais suficientes para realizar tal busca.

III. A Loucura (1.2-11, 14-15, 17-18): Uma investigação preliminar revela algumas verdades amargas acerca da vida.

A. Sem propósito real (1.2-7, 14, 17): A vida é fútil e sem significado.
B. Sem novidade (1.9-10): A história meramente se repete.
C. Sem cura (1.15): O que é errado não pode ser corrigido.
D. Sem honra duradoura (1.11): O morto é rapidamente esquecido.



Nenhum comentário:

Postar um comentário