2015/11/13

Estudo sobre Jó 26

Estudo sobre Jó 26



Estudo sobre Jó 26.1
Jó Responde a Bildade (Jó 26.1-14)
Jó demonstra compreender perfeitamente as palavras de Bildade acerca do poder de Deus. A controvérsia que ele vem sustentando não se baseia numa compreensão da onipotência divina inferior à dos amigos; explica-se, antes, pela honestidade com que ele encara certos enigmas da vida que eles não notam ou propositadamente ignoram. Certo comentador dá a esta seção o seguinte título: “Jó rivaliza com Bildade na exaltação da grandeza de Deus”.

Estudo sobre Jó 26.2
Os versículos 2-4 são marcadamente sarcásticos. As palavras de sabedoria que foram dirigidas a Jó devem, na verdade, ter sido inspiradas por alguma grande personagem! Os vers. 5 e 6 falam da operação do poder divino nos abismos. Os mortos tremem debaixo das águas (5). A palavra hebraica é repba’im. Refere-se ao povo pré-israelita (Gn 14.5; Gn 15.20) e pode também referir-se aos mortos (Sl 88.10). Há quem mantenha que a palavra era aplicada pelos israelitas a pessoas que a morte havia levado ou a pessoas acerca das quais pouco se conhecia. Perdição (6). Heb. ’abhaddon. É um sinônimo de Seol, palavra traduzida por inferno no mesmo versículo.

Estudo sobre Jó 26.7
Nos versículos 7-13 Jó mostra que o céu, a terra e o mar, todos dão testemunho do poder de Deus. Quão poderoso deve ser o Deus de um universo ordenado! Abate a sua soberba (12), ou, de acordo com outra versão, “fere a Raabe”. Ver 9.13n. Pelo seu espírito ornou os céus (13). Trata-se de uma referência ao vento divino que dispersa as nuvens e aclara o céu. A sua mão formou a serpente enroscadiça (13). Melhor, “A sua mão traspassou a serpente fugitiva”. Ver 3.8n.

Estudo sobre Jó 26.14
O versículo 14 termina o capítulo de uma forma altamente impressiva. Certo tradutor dá-nos a seguinte versão: “E tudo isto é apenas a orla da sua força o mais ligeiro murmúrio que acerca dEle nos é dado escutar! Quem pois entenderá o completo trovão do seu poder?” A ideia é que, por mais detalhadamente que se descrevessem as mais exatas impressões do poder de Deus, haveria sempre mais, infinitamente mais, a dizer.


Índice: Jó 1 Jó 2 Jó 3 Jó 4 Jó 5 Jó 6 Jó 7 Jó 8 Jó 9 Jó 10 Jó 11 Jó 12 Jó 13 Jó 14 Jó 15 Jó 16 Jó 17 Jó 18 Jó 19 Jó 20 Jó 21 Jó 22 Jó 23 Jó 24 Jó 23 Jó 24 Jó 25 Jó 26 Jó 27 Jó 28 Jó 29 Jó 30 Jó 31 Jó 32 Jó 33 Jó 34 Jó 35 Jó 36 Jó 37 Jó 38 Jó 39 Jó 40 Jó 41 Jó 42

Nenhum comentário:

Postar um comentário