2015/12/07

Água Benta — Estudo Bíblico

Água Benta — Estudo BíblicoÁgua Benta


Trata-se apenas de água comum, santificada pela bênção sacerdotal. Adiciona-se sal à água afim de dar a entender que agora ela está preservada da corrupção. Em seguida, a água é usada em várias cerimônias que transmitem alguma bênção. Do ponto de vista filosófico, da variedade cética, a água benta não é outra coisa senão água salgada, que foi declarada benta. Sua singularidade deriva-se do seu uso e da boa intenção por detrás dela. Porém, a água benta continua sendo apenas água. Do ponto de vista parapsicológico, alguns supõem que tal água realmente pode absorver certa energia, positiva ou negativa, quando benta ou maldita, de tal modo que, na realidade, a água benta pode ter um conteúdo de energia diferente do que sucede à água comum.
Essa ideia assemelha-se ao uso de peças de roupa nas curas, segundo o registro de Atos 19:12. A roupa dos homens de Deus curava ou expelia demônios. Presumivelmente, o manuseio dessas peças, por parte de Paulo, transmitia algum a forma de energia espiritual às mesmas, surtindo um efeito; ou então poderíamos dizer que o Espirito Santo honrava o ato; como um símbolo, mas Ele é quem realizava a operação. A explicação teológico-dogmática da água benta é que o próprio Espírito de Deus lhe empresta a eficácia. Experiências em laboratório mostram que as plantas regadas com água benta crescem mais rapidamente e com maior força e saúde do que aquelas aguadas com água comum. Mas isso sucede em alguns casos selecionados. Algumas pessoas aparentemente são capazes de transmitir alguma forma de energia à água, o que promove o crescimento e a saúde das plantas. Pessoas conhecidas como taumaturgos têm obtido sucesso nisso, sendo provável que a energia da cura tenha natureza similar ou igual à energia transmitida à água benta.

Ligações Externas

Nenhum comentário:

Postar um comentário