2019/09/19

Estudo sobre Ester 5

Estudo sobre Ester 5

Estudo sobre Ester 5



Ester 5
Ester vai falar com o rei (5.1-8)
Após o seu jejum, Ester se enfeita e vai à presença do rei. Quando o rei vê Ester no pátio, ele lhe dá as boas-vindas e lhe pergunta o que ela quer. Ester convida Xerxes e Hamã para um banquete. O rei aceita o convite. No banquete, Ester adia o seu pedido e, em vez disso, convida o rei e Hamã para um segundo banquete.
v. 1. trajes de rainha: ela deixa de lado o seu traje de luto e se veste da maneira mais atraente possível, colocou-se no pátio interno do palácio, em frente do salão do rei: ela se colocou no lugar onde o rei pudesse vê-la e chamá-la. Desse salão do trono, ele podia ver qualquer pessoa que se aproximasse no corredor que vinha da ala das mulheres, v. 2. quando: heb. wyhy, “e aconteceu”, sugere que talvez ela tenha esperado um pouco, então ”quando finalmente...” v. 3. metade do reino: é melhor interpretar isso como exagero oriental que não deve ser entendido literalmente; cf. Herodes a Salomé (Mc 6.23). O rei sabe que ela quer algo urgente para vir a ele dessa maneira e arriscar a vida.
v. 4. Ester não intercedeu por seu povo. Por quê? Possivelmente porque sentiu que aquele não era o momento nem o lugar adequado. Visto que não tinha falado com esse rei inconstante e imprevisível por 30 dias, ela provavelmente sentiu que precisaria de tempo para restabelecer a sua influência sobre ele. Talvez ela tenha preferido um lugar mais reservado para fazer o seu pedido. Por que Ester convidou também Hamã? Para fazer o rei pronunciar a sua sentença contra Hamã imediatamente, ao confrontá-lo na sua presença? Muitas razões têm sido dadas para essa atitude, v. 5. tragam Hamã imediatamente-. acompanhar alguém para um banquete era uma honra, e não uma “limitação” da liberdade de Hamã. v. 7. este é o meu pedido e o meu desejo: parece que Ester está para formular o seu pedido quando faz uma pausa e convida o rei e Hamã para um segundo banquete, no qual vai revelar o seu pedido. Por que Ester adiou pela segunda vez o seu pedido? Será que lhe faltou coragem?

4) Hamã decide enforcar Mardoqueu (5.9-14)
O prazer de Hamã em participar do banquete da rainha se transforma em ódio ao ver Mardoqueu no caminho para casa. Ele reúne os seus amigos e se vangloria do seu poder, mas se queixa da humilhação que sente diante da provocação de Mardoqueu. A sua esposa e os amigos sugerem que faça uma forca e enforque Mardoqueu no dia seguinte.
v. 10. Zeres-, um nome desconhecido, v. 11. seus muitos filhos: os persas consideravam um grande número de filhos uma grande bênção, v. 14. uma forca: talvez um poste alto em que a pessoa era empalada ou crucificada, mais de vinte metros: veja a Introdução.




Nenhum comentário:

Postar um comentário