2019/09/02

Estudo sobre Ezequiel 15

Estudo sobre Ezequiel 15

Estudo sobre Ezequiel 15 



Ezequiel 15
6) A parábola da videira inútil (15.1-8)
Jerusalém é comparada aqui a uma videira que não dá frutos. Essa videira não presta para mais nada: a única coisa a fazer com ela é queimá-la. Acerca da imagem da videira, cp. SL 80.8-19 com a imagem relacionada em Is 5.1-7. Essas imagens do ATOS estão refletidas no NT em Mc 12.1-9; Jo 15.1-8 (em que Jesus, como a “videira verdadeira”, personifica o verdadeiro Israel).
v. 2. em que a madeira da videira é melhor do que [...] qualquer árvore...?', a videira é cultivada somente em virtude do seu fruto (cf. Jz 9.13); a sua madeira é inútil, a não ser para ser usada como combustível. Antes se dizia: “Israel era como videira viçosa” (Os 10.1); isso já não era verdade. Jerusalém havia sido exposta ao fogo do juízo alguns anos antes, quando Joaquim e a elite dos seus súditos foram levados para o exílio (2Rs 24.10-16); agora era uma videira carbonizada. Se a sua madeira não era boa para nada antes disso, quanto mais inútil era agora! Que seja abandonada completamente ao fogo (cf. SL 80.16; Jo 15.6; Hb 6.8).
A parábola é esboçada nos v. 1-5; a aplicação a Jerusalém segue nos v. 6-8. v. 7. Do fogo saíram-. Jerusalém escapou da destruição quando os caldeus a cercaram em 597 a.C., mas na vez seguinte não haveria escape; a cidade seria arruinada, e a terra, arrasada (v. 8).

Índice: Ezequiel 1 Ezequiel 2 Ezequiel 3 Ezequiel 4 Ezequiel 5 Ezequiel 6 Ezequiel 7 Ezequiel 8 Ezequiel 9 Ezequiel 10 Ezequiel 11 Ezequiel 12 Ezequiel 13 Ezequiel 14 Ezequiel 15 Ezequiel 16 Ezequiel 17 Ezequiel 18 Ezequiel 19 Ezequiel 20 Ezequiel 21 Ezequiel 22 Ezequiel 23 Ezequiel 24 Ezequiel 25 Ezequiel 26 Ezequiel 27 Ezequiel 28 Ezequiel 29 Ezequiel 30 Ezequiel 31 Ezequiel 32 Ezequiel 33 Ezequiel 34 Ezequiel 35 Ezequiel 36 Ezequiel 37 Ezequiel 38 Ezequiel 39 Ezequiel 40 Ezequiel 41 Ezequiel 42 Ezequiel 43 Ezequiel 44 Ezequiel 45 Ezequiel 46 Ezequiel 47 Ezequiel 48


Nenhum comentário:

Postar um comentário