Jeremias 32 — Comentário Devocional

32.1-12 - Deus disse a Jeremias que comprasse um campo fora de Jerusalém. A cidade esteve sitiada por um ano; o profeta comprou uma terra que fora ocupada pelos soldados (certa mente um mau investimento). Embora Jeremias fosse prisioneiro no palácio, ao comprar um campo, demonstrou sua fé nas promessas que Deus havia feito de trazer seu povo de volta e reconstruir Jerusalém.

32.6-17 - Não é fácil adquirir confiança. Não foi fácil para Jeremias comprar publicamente uma terra já tomada pelo inimigo. Porém ele confiou em Deus. Não foi fácil para Davi acreditar que se tornaria rei, mesmo após ser ungido. Mas ele confiou em Deus (t Sm 16—31). Não foi fácil para Moisés acreditar que ele e seu povo escapariam do Egito, mesmo após Deus ter falado com ele de uma sarça ardente. Mas ele confiou em Deus (Êx 3.1—4.20). Também não é fácil para nós crermos que Deus pode cumprir suas promessas aparentemente “impossíveis", mas devemos confiar nEle. Deus, que operou na vida de heróis bíblicos, também operara em nossa vida, se o permitirmos.

32.17-25 - Depois de comprar o campo. Jeremias começou a questionar-se se tal ação fora sábia. Buscou, em oração, o alivio para as dúvidas que lhe importunavam. Nesta oração, afirmou que Deus é o Criador do céu e da terra (v. 17); o sábio Juíz, que está ciente de nossa conduta (v. 19); o nosso Redentor que tem grande poder (v. 21). Deus nos ama e contempla a nossa situação. Sempre que duvidamos da sabedoria dEle ou avaliamos se é prático obedecer-lhe, devemos rever o que já sabemos a seu respeito. Tais pensamentos e orações nos tranquilizarão quanto às nossas dúvidas e nos acalmarão em relação aos nossos temores.

32.35 - Esses altares pagãos, os altos de Baal, estavam situa dos no local mais importante da grotesca adoração a Moloque: no vale do filho de Hinom, onde crianças eram oferecidas em sacrifício a esse deus pagão.

32.36-42 - Deus usa seu poder para realizar seus propósitos através de seu povo. O Senhor não nos dá poder para sermos tudo o que desejamos, mas para sermos tudo o que Ele quer que sejamos. Israel teve de aprender que confiar em Deus significava alinhar radicalmente seus propósitos e desejos com os dEle. O Eterno deu a seu povo “um só coração”, voltado para Ele (v. 39). Devemos buscar tal unidade de coração e ação para amarmos a Deus acima de todas as coisas. 

32.44 - A região montanhosa fica na Palestina ocidental. O Neguebe é a parte do sul de Judá.