Jeremias 9 — Comentário Devocional

Jeremias 9

9.1-6 Jeremias sentiu emoções contraditórias em relação a seu povo. Mentira, engano, deslealdade, adultério e idolatria haviam se tornado pecados comuns. Jeremias ficou irado por causa dos pecados de seu povo, mas também sentiu compaixão. Foi separado como profeta, mas também era um judeu. Jesus teve sentimentos semelhantes quando ficou diante de Jerusalém, a cidade que o rejeitou (Mt 23.37).

9.23, 24 As pessoas tendem a admirar três coisas nos outros: a sabedoria, o poder (o prestígio) e as riquezas. Porém, para Deus, a coisa mais admirável e que todos podem e devem fazer consiste em conhecê-lo pessoalmente e ter uma vida que reflita sua justiça e retidão. O que você quer que as pessoas mais ad mirem em sua vida?

9.25, 26 A circuncisão era observada desde o tempo de Abraão. Para Israel, era um símbolo de sua aliança com Deus (Gn 17.9-14). A circuncisão era também praticada pelas nações pagãs, mas não como sinal de aliança com Deus. Na época de Jeremias, os israelitas haviam se esquecido do significado espiritual da circuncisão, embora continuassem a praticar o ritual.

Índice: Jeremias 1 Jeremias 2 Jeremias 3 Jeremias 4 Jeremias 5 Jeremias 6 Jeremias 7 Jeremias 8 Jeremias 9 Jeremias 10 Jeremias 11 Jeremias 12 Jeremias 13 Jeremias 14 Jeremias 15 Jeremias 16 Jeremias 17 Jeremias 18 e 19 Jeremias 20 Jeremias 21 Jeremias 22 Jeremias 23 Jeremias 24 Jeremias 25 Jeremias 26 Jeremias 27 e 28 Jeremias 29 Jeremias 30 Jeremias 31 Jeremias 32 Jeremias 33 Jeremias 34 Jeremias 35 Jeremias 36 Jeremias 37 Jeremias 38 Jeremias 39 Jeremias 40 Jeremias 41 e 42 Jeremias 43 Jeremias 44 Jeremias 45 Jeremias 46 Jeremias 47 e 48 Jeremias 49 Jeremias 50 Jeremias 51 Jeremias 52