Resumo de Jeremias 10

Resumo de Jeremias 10

Resumo de Jeremias 10



Jeremias 10

Nós podemos conjeturar que a profecia desse capítulo tenha sido transmitida depois do primeiro cativeiro, no tempo de Jeconias e Joaquim, quando muitos foram levados à Babilônia. Pois aqui há uma dupla referência: I. Aqueles que foram levados à terra dos caldeus, uma nação famosa, acima de qualquer outra, pela idolatria e superstição. E aqui eles são advertidos contra a contaminação do lugar, para que não aprendessem o caminho das nações (vv. 1,2), pois a sua astrologia e idolatria eram loucura (vv. 3-5), e os adoradores dos ídolos eram embrutecidos (vv. 8,9). Isso ficará evidente no dia da sua visitação (vv. 14,15). Da mesma maneira, eles são exortados a aderir firmemente ao Deus de Israel, pois não há ninguém como Ele (vv. 6,7). Ele é o Deus verdadeiro, que vive eternamente, e governa o mundo (vv. 10-13), e o seu povo é feliz nele (v. 16). II. Aqueles que ainda permaneciam na sua própria terra. Eles são advertidos contra o sentimento de segurança, e aconselhados a esperar aflições (vv. 17,18), que viriam pelas mãos de um inimigo estrangeiro, que Deus enviaria sobre eles, por causa do seu pecado (vv. 20-22). O profeta lamenta essa calamidade (v. 19), e ora pela sua mitigação (vv. 23-25).

Índice: Jeremias 1 Jeremias 2 Jeremias 3 Jeremias 4 Jeremias 5 Jeremias 6 Jeremias 7 Jeremias 8 Jeremias 9 Jeremias 10 Jeremias 11 Jeremias 12 Jeremias 13 Jeremias 14 Jeremias 15 Jeremias 16 Jeremias 17 Jeremias 18 Jeremias 19 Jeremias 20 Jeremias 21 Jeremias 22 Jeremias 23 Jeremias 24 Jeremias 25 Jeremias 26 Jeremias 27 Jeremias 28 Jeremias 29 Jeremias 30 Jeremias 31 Jeremias 32 Jeremias 33 Jeremias 34 Jeremias 35 Jeremias 36 Jeremias 37 Jeremias 38 Jeremias 39 Jeremias 40 Jeremias 41 Jeremias 42 Jeremias 43 Jeremias 44 Jeremias 45 Jeremias 46 Jeremias 47 Jeremias 48 Jeremias 49 Jeremias 50 Jeremias 51 Jeremias 52