Resumo de Jeremias 20

Resumo de Jeremias 20

Resumo de Jeremias 20



Jeremias 20

A explicação honesta que Jeremias deu no capítulo anterior, era de se esperar, se não convencesse e humilhasse os homens, os provocaria e exasperaria; e foi isto o que aconteceu; pois aqui vemos: I. Jeremias perseguido por Pasur, por pregar aquele sermão, vv. 1,2. II. Pasur ameaçado por fazer isto, e a confirmação da palavra que Jeremias tinha pregado, vv. 3-6. III. Jeremias se queixando a Deus a respeito disto, e outros exemplos de maus tratos que ele tinha sofrido desde que começou a desempenhar o ofício de profeta, e as dolorosas tentações com que tinha lutado (vv. 7-10), encorajando-se em Deus, apresentando-lhe o seu apelo, sem duvidar de que ainda o louvaria. Com isto, fica evidente que ele tinha muita graça (vv. 11-13), embora tivesse amaldiçoado o dia de seu nascimento em um momento de grande irritação (vv. 14-18). Fica evidente que ele também tinha tristes resquícios de corrupção em si mesmo, e que “era homem sujeito às mesmas paixões que nós.”

Índice: Jeremias 1 Jeremias 2 Jeremias 3 Jeremias 4 Jeremias 5 Jeremias 6 Jeremias 7 Jeremias 8 Jeremias 9 Jeremias 10 Jeremias 11 Jeremias 12 Jeremias 13 Jeremias 14 Jeremias 15 Jeremias 16 Jeremias 17 Jeremias 18 Jeremias 19 Jeremias 20 Jeremias 21 Jeremias 22 Jeremias 23 Jeremias 24 Jeremias 25 Jeremias 26 Jeremias 27 Jeremias 28 Jeremias 29 Jeremias 30 Jeremias 31 Jeremias 32 Jeremias 33 Jeremias 34 Jeremias 35 Jeremias 36 Jeremias 37 Jeremias 38 Jeremias 39 Jeremias 40 Jeremias 41 Jeremias 42 Jeremias 43 Jeremias 44 Jeremias 45 Jeremias 46 Jeremias 47 Jeremias 48 Jeremias 49 Jeremias 50 Jeremias 51 Jeremias 52