Resumo de Jeremias 31

Resumo de Jeremias 31

Resumo de Jeremias 31



Jeremias 31

Este capítulo 31 continua com as boas e consoladoras palavras que tivemos no capítulo anterior, para o incentivo dos cativos, assegurando-lhes que no devido tempo Deus os restauraria (ou seus filhos) à sua própria terra. O Senhor faria deles uma nação grande e feliz de novo, especialmente enviando-lhes o Messias, quando muitas dessas promessas teriam o seu pleno cumprimento, em seu reino e por sua graça. I. Eles serão restaurados à paz e à honra, e à alegria e grande fartura (vv. 1-14). II. A sua dor pela perda dos seus filhos terminará (vv. 15-17). III. Eles se arrependeram dos seus pecados, e Deus os aceitará misericordiosamente por seu arrependimento (vv. 18-20). IV Tanto os seus filhos como o seu gado serão multiplicados e aumentados, e não serão cortados e diminuídos como haviam sido (vv. 21-30). V Deus renovará a sua aliança com eles, e a enriquecerá com bênçãos espirituais (vv. 31-34). VI. Essas bênçãos lhes serão asseguradas, sim, à semente de Israel para sempre (vv. 35-37). VII. Como uma prova disso, a cidade de Jerusalém será reedificada (vv. 38-40). Essas promessas extraordinariamente grandes e preciosas eram firmes fundamentos de esperança e plenas fontes de alegria para os pobres cativos. E nós também podemos aplicá-las a nós mesmos, mesclando-as com a fé.

Índice: Jeremias 1 Jeremias 2 Jeremias 3 Jeremias 4 Jeremias 5 Jeremias 6 Jeremias 7 Jeremias 8 Jeremias 9 Jeremias 10 Jeremias 11 Jeremias 12 Jeremias 13 Jeremias 14 Jeremias 15 Jeremias 16 Jeremias 17 Jeremias 18 Jeremias 19 Jeremias 20 Jeremias 21 Jeremias 22 Jeremias 23 Jeremias 24 Jeremias 25 Jeremias 26 Jeremias 27 Jeremias 28 Jeremias 29 Jeremias 30 Jeremias 31 Jeremias 32 Jeremias 33 Jeremias 34 Jeremias 35 Jeremias 36 Jeremias 37 Jeremias 38 Jeremias 39 Jeremias 40 Jeremias 41 Jeremias 42 Jeremias 43 Jeremias 44 Jeremias 45 Jeremias 46 Jeremias 47 Jeremias 48 Jeremias 49 Jeremias 50 Jeremias 51 Jeremias 52