Resumo de Jeremias 40

Resumo de Jeremias 40

Resumo de Jeremias 40


Jeremias 40

Visitamos a pira funerária de Jerusalém, e nos despedimos dos cativos que foram levados para a Babilônia, não esperando mais ouvir falar deles neste livro; talvez possamos esperar que sejam mencionados em Ezequiel. E devemos neste e nos quatro capítulos seguintes observar a história daqueles poucos judeus que foram deixados na terra depois que os seus irmãos foram levados. Esta é uma história muito melancólica, porque, embora a princípio houvesse algumas perspectivas esperançosas de que eles fizessem o bem, logo se mostraram obstinados no pecado como sempre, soberbos e desobedientes, até que, sendo trazido sobre eles o restante dos juízos prenunciados em Deuteronômio 28, foram cumpridas as ameaças que o último versículo daquele terrível capítulo descreve. “O Senhor levará a ti para o Egito outra vez.” Neste capítulo temos: I. Um relato mais específico do livramento de Jeremias e o seu estabelecimento com Gedalias, vv. 1-6. II. O grande recurso dos judeus que permaneceram espalhados nos países vizinhos a Gedalias, que foi feito seu governador sob a autoridade do rei da Babilônia; e a boa situação em que eles estiveram por algum tempo, sujeitos a ele, vv. 7-12. III. Um plano traiçoeiro contra Gedalias, feito por Ismael, cuja realização encontraremos no capítulo seguinte, vv. 13-16.

Índice: Jeremias 1 Jeremias 2 Jeremias 3 Jeremias 4 Jeremias 5 Jeremias 6 Jeremias 7 Jeremias 8 Jeremias 9 Jeremias 10 Jeremias 11 Jeremias 12 Jeremias 13 Jeremias 14 Jeremias 15 Jeremias 16 Jeremias 17 Jeremias 18 Jeremias 19 Jeremias 20 Jeremias 21 Jeremias 22 Jeremias 23 Jeremias 24 Jeremias 25 Jeremias 26 Jeremias 27 Jeremias 28 Jeremias 29 Jeremias 30 Jeremias 31 Jeremias 32 Jeremias 33 Jeremias 34 Jeremias 35 Jeremias 36 Jeremias 37 Jeremias 38 Jeremias 39 Jeremias 40 Jeremias 41 Jeremias 42 Jeremias 43 Jeremias 44 Jeremias 45 Jeremias 46 Jeremias 47 Jeremias 48 Jeremias 49 Jeremias 50 Jeremias 51 Jeremias 52