2009/06/16

Comentário de João 9:15-16

9:15 - Então, novamente, os Fariseus lhe perguntaram,… Não que eles tinham colocado alguma pergunta dessa natureza a ele antes; mas eles também, como seus visinhos, inquiriram dele.comentario do evangelho de João, comentario biblico

Como ele tinha recebido sua visão;… De quem, e por que meios:

E ele lhes disse: Pôs-me barros sobre os olhos, lavei-me, e vejo. Esse relato está de acordo com o fato, e com aquele relato que ele deu aos seus visinhos: ele não variou com respeito a verdade do ocorrido, mas essa é, de alguma maneira, mais concisa e curta; e é razoável supor que os fariseus tinha conversado muito com ele antes, que, assim, tinham feito mais necessário ser mais particular; pois ele não menciona o nome de Jesus, nem dele fazer barro, e a maneira de se fazer isso, nem o reservatório de Siloá, ou suas ordens para ir e banhar-se; veja notas de Gill em João 9:6 e 7.

9:16 - Portanto, disseram alguns dos Fariseus,… Ou Sinédrio, pois eles não eram todos de uma só mente, como parecia pelo que segue:

Esse homem não é de Deus;… Não se referindo ao homem cego, mas a Jesus; e o que eles querem dizer é que ele não é enviado de Deus, ele não veio para fazer a sua vontade e obra, nem busca ele a Sua glória, nem está ele de Seu lado, ou por Seu interesse.

Porque ele não guarda o dia de Sábado: isso eles concluíram do fato dele fazer argila com a saliva, e por espalhá-la nos olhos do homem cego, o que era contrário as tradições dos anciãos: uma de suas regras e cânones judaicos diz que (n):

“É proibido colocar saliva na pálpebra no dia de Sábado.”

Uma pomada nos olhos, ou um curativo para o olho, se fosse colocado por prazer, era legal, mas não para curar (o): mas se fosse colocado na noite do Sábado, poderia continuar no dia de Sábado (p).

Outros diziam: como pode um homem que é pecador,…
Ou um violador do Sábado.

Realizar tal milagre? Como curar um homem nascido cego, do qual nunca se ouviu falar: aqueles que raciocinavam assim supõem ser Nicodemos e José de Arimatéia.

E havia uma divisão entre eles;… Até mesmo no Sinédrio, eles não podiam concordar sobre o caráter da pessoa que tinha feito tal milagre.



___________
Notas

(n) T. Hieros. Sabbat, fol. 14. 4. & Avoda Zara, fol. 40. 4. & T. Bab. Sabbat, fol 108. 2. & Maimon. Hilchot Sabbat, c. 21. sect. 25.
(o) Piske Tosephot Sabbat, art. 67.
(p) T. Hieros. Sabbat, fol. 3, 4. Maimon. ib.

Nenhum comentário:

Postar um comentário