2010/08/20

Livro de Salmos — Uso Litúrgico


Livro de Salmos — Uso Litúrgico

Uso Litúrgico do Livro de Salmos


A associação íntima do Saltério e do Pentateuco e a leitura contínua da Torá fizeram, com o tempo, que certos Salmos se tornassem ligados a dias e ocasiões particulares, sendo usados para a liturgia. O Salmo 145 era usado em cada uma das três festividades anuais (é provável que seja o hino referido em Mc 14.26); o Salmo 130, com a expectativa e o desejo intensos por perdão que o caracterizam, era usado no dia da expiação; o Salmo 135 era um hino habitualmente pascal. Os velhos cânticos peregrinos (120-134) foram adotados para a festa dos tabernáculos e, no tempo do templo de Herodes, eram habitualmente entoados por um coro de levitas, de pé, nos quinze degraus que ligavam os dois pátios do templo. Alguns eram tradicionalmente considerados sabáticos (por exemplo: 92-100), e cada dia da semana tinha o seu Salmo habitual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário