Significado de Isaías 3

Isaías 3

3.1-9 Esse juízo contra Jerusalém e Judá está dividido em duas partes: (1) sentença judicial contra a anarquia (v, 1-7); (2) acusação de arrogância (v. 8, 9).

3.1 A conjunção porque liga essa profecia com a exortação anterior, de cortar relações com o arrogante (2.22). Deus tirará os líderes de Judá pela espada e pelo exílio. Não é dada uma referência histórica porque a verdade é universal (2 Rs 25.18-21).

3.2, 3 A administração de Judá organizava-se em torno de guerreiros: o valente, o soldado, o capitão de cinquenta; de sábios: o juiz, o ancião, o respeitável, o conselheiro; de mediadores religiosos: o profeta, o adivinho, o eloquente; de trabalhadores: os artífices.

3.4 Em razão do julgamento de Judá pelo Senhor, os líderes mal-intencionados e injustos serão substituídos por jovens e crianças, ou seja, líderes inexperientes e incompetentes.

3.5 A opressão de um pelo outro é o retrato de um estado anárquico. Nesse mundo de valores invertidos, o menino estará contra o ancião e o vil contra o nobre. O Senhor, ao exercer juízo, abandonará os perversos à perversidade deles próprios.

3.6,7 Durante a época de carestia, a sociedade ficará tão carente de liderança e tão pobre que, para se qualificar como líder, tudo o que a pessoa precisará ter é uma roupa.

3.8, 9 A língua e os olhos do povo traem sua arrogância contra Deus.

3.9 Considerada uma cidade horrivelmente pecaminosa (1.9), Sodoma foi destruída por Deus (Gn 19), e agora os israelitas desafiam abertamente a Deus praticando os mesmos pecados que os sodomitas.

3.10-15 Essa profecia contra os líderes de Judá tem três partes: (1) afirmação de que Deus retribui tanto o bem quanto o mal (v. 10,11); (2) acusação de que os líderes de Israel estão desviando o povo do bom caminho (v. 12); (3) processo penal divino contra os líderes, por explorarem seus súditos (v. 13-15; 1.23).

3.10,11 Comerão do fruto. Compare essa ideia a que está em Isaías 1.19.

3.12 As palavras de lamento referentes a meu povo (v. 15) lembram o lamento de Davi pelo seu filho transgressor, Absalão (2 Sm 18.33). A profunda diferença, é claro, está na culpa compartilhada entre Davi e seu filho. No caso do Senhor e Seu povo, a culpa recai apenas sobre o povo.

3.13 Para pleitear. Trata-se de um termo judicial que significa defender um processo (Mq 6.1).

3.14 Esta vinha representa a nação (Is 5.1-7), usada aqui como termo que representa o pobre. Os líderes haviam enganado os fracos a fim de saqueá-los (v. 15).

3.15 O Senhor, o Deus dos Exércitos. Veja a expressão semelhante em Isaías 1.9.

3.16—4.1 A profecia contra as mulheres vaidosas de Judá está dividida em três partes: (1) acusação às mulheres de que andam se exaltando e serão humilhadas (v. 16,17); (2) lista dos adornos luxuosos a serem confiscados (v. 18-23); (3) representação da desolação de Jerusalém (Is 3.24—4.1).

A profecia passa das mulheres de Sião (v. 16-23) à Filha de Sião, que personifica a cidade (Is 3.24-26), e então retorna às mulheres (Is 4.1). A continuação do texto esclarece que a glória enganosa do povo também está em questão. A profecia também passa da beleza vã de Jerusalém antes do exílio à condição vergonhosa da época do cativeiro (v. 24,25) e à sua desolação após o exílio (Is 3.26-4-1).

3.16 O plural filhas de Sião sugere tanto as mulheres da cidade quanto uma personificação de Jerusalém (1.8). A locução verbal vão dançando provavelmente significa passos como os de bebê. O profeta demonstra escárnio diante de tanto fingimento e exibicionismo.

3.17 A expressão a sua nudez, aqui associada com a cabeça, pode significar testa.

3.18-26 Corda, calvície e cilício expressam a condição do povo levado em cativeiro. Teus varões são os homens de Jerusalém. As portas de Sião carpirão, ou seja, irão lamentar-se, porque seus habitantes foram levados para o exílio por causa de seus pecados.

Índice: Isaías 1 Isaías 2 Isaías 3 Isaías 4 Isaías 5 Isaías 6 Isaías 7 Isaías 8 Isaías 9 Isaías 10 Isaías 11 Isaías 12 Isaías 13 Isaías 14 Isaías 15 Isaías 16 Isaías 17 Isaías 18 Isaías 19 Isaías 20 Isaías 21 Isaías 22 Isaías 23 Isaías 24 Isaías 25 Isaías 26 Isaías 27 Isaías 28 Isaías 29 Isaías 30 Isaías 31 Isaías 32 Isaías 33 Isaías 34 Isaías 35 Isaías 36 Isaías 37 Isaías 38 Isaías 39 Isaías 40 Isaías 41 Isaías 42 Isaías 43 Isaías 44 Isaías 45 Isaías 46 Isaías 47 Isaías 48 Isaías 49 Isaías 50 Isaías 51 Isaías 52 Isaías 53 Isaías 54 Isaías 55 Isaías 56 Isaías 57 Isaías 58 Isaías 59 Isaías 60 Isaías 61 Isaías 62 Isaías 63 Isaías 64 Isaías 65 Isaías 66