João 20 — Interpretação Bíblica

João 20

O túmulo vazio 20.1-29
Como acontece nos outros Evangelhos, também João deixa claro que ninguém viu Jesus ressuscitar. A prova de que ele ressuscitou foram as aparições dele, primeiro, a Maria Madalena (vs. 11-18) e, depois, também aos discípulos (vs. 19-29; (cap. 21).
20.1 Domingo. Tradução de “o primeiro dia da semana”. a pedra Uma enorme pedra circular que era rolada em frente da entrada do túmulo (Jo 11.38).
20.2 aquele que Jesus amava. Ver Jo 13.23, n.
20.6-7 os lençóis... e a faixa. Jo 11.44; 19.40.
20.9 as Escrituras Sagradas. Possivelmente, seja referência a Sl 16.10, que é citado em At 2.27,31.
20.17 Não me segure. Pelo que parece, Maria tinha se ajoelhado e estava abraçando os pés de Jesus (Mt 28.9). os meus irmãos. Os seguidores de Jesus, homens e mulheres que adoram e servem o mesmo Deus e Pai. vou subir Vai se cumprir o que Jesus tinha anunciado em Jo 14.1-3, bem como tudo o que resultaria dessa sua ida ao Pai (Jo 14.12-13,16-17,21,23,28).
20.19 Que a paz esteja com vocês! A saudação normal usada pelos judeus. A vinda de Jesus traz aquela paz que o mundo não pode dar (ver Jo 14.27, n.) e a alegria (v. 20) que ninguém lhes pode tirar (Jo 16.20,22).
20.20 lhes mostrou. Para provar que não era um fantasma ou espírito desencarnado (Lc 24.39).
20.22 soprou sobre eles. Assim como Deus soprou a vida quando criou o ser humano (Gn 2.7; Ez 37.9; 2Rs 4.34). Recebam o Espírito Santo. Tendo ressuscitado, Jesus dá aos discípulos o Espírito Santo (ver Jo 7.39, n.; Intr. 1.7). A missão dos discípulos, já anunciada em Jo 4.38; 13.16,20; 17.18, só será possível com a presença do Espírito Santo (Jo 14.16-17,26; 15.26-27).
20.23 Tendo recebido o Espírito Santo, os discípulos podem lidar com pecados na comunidade cristã (Mt 16.19; 18.18).
20.24 Tomé. Mencionado também em Jo 11.16; 14.5; 21.2.
20.26 Uma semana depois. No domingo seguinte (vs. 1,19). paz Ver v. 19, n.
20.28 A confissão de Tomé, esta bela expressão de fé em Jesus como Senhor e Deus, é o ponto alto deste Evangelho.
20.29 O outro discípulo (v. 8) viu e creu, e Tomé também queria ver para crer (v. 25). Jesus diz que felizes são os que crêem sem ver, isto é, que crêem a partir do testemunho de outros (v. 25; Jo 4.50). O Evangelho de João é um desses testemunhos, um relato que foi escrito para que vocês creiam (v. 31).
A finalidade deste Evangelho 20.30-31
Fica claro que, no plano original, este Evangelho ia terminar aqui, no final do cap. 20. O cap. 21 foi acrescentado mais tarde, possivelmente por outra pessoa (Jo 21.23-24). Os milagres (“sinais”; ver Jo 2.1-12, n.; Intr. 1.5) de Jesus, em particular a sua ressurreição (Jo 20), provam que ele é o Messias e o Filho de Deus.


Índice: João 1 João 2 João 3 João 4 João 5 João 6 João 7 João 8 João 9 João 10 João 11 João 12 João 13 João 14 João 15 João 16 João 17 João 18 João 19 João 20 João 21