2019/10/04

João 7 — Interpretação Bíblica

João 7 — Interpretação Bíblica


João 7 — Interpretação Bíblica



Jesus e os seus irmãos 7.1-9
Nos Evangelhos, esta é a única vez que Jesus conversa com seus irmãos (v. 3), que não criam nele (v. 5).
7.1 Ver em Jo 5.18 a razão pela qual os líderes judeus na Judéia queriam matar Jesus.
7.2 Festa das Barracas Lv 23.24; Dt 16.13.
7.3 os irmãos de Jesus Mt 13.55-56; Mc 6.3.
7.6 A minha hora Ver Jo 2.4, n.
7.7 o que o mundo faz é mau Jo 3.19-21.
7.8 eu não vou Alguns dos melhores manuscritos trazem “por enquanto eu não vou”.
Jesus na Festa das Barracas 7.10-52
De volta a Jerusalém para a Festa das Barracas, Jesus ensina no Templo (vs. 14,28). Muitas pessoas creram nele, mas outros o rejeitaram (vs. 31,40-44).
7.14 estava no meio A festa durava oito dias (Lv 23.36).
7.15 sem ter estudado Jesus não tinha feito o curso que os rabinos faziam. O mesmo foi dito a respeito dos apóstolos (At 4.13).
7.16 O que eu ensino... vem de Deus Jo 1.17-18; 3.32-34; 8.26,28; 12.49; 14.24.
7.20 Você está dominado por um demônio! Dito para Jesus, isso é mais ou menos como dizer que ele está louco (Jo 8.48,52; 10.20).
7.21 um milagre A cura do paralítico no tanque de Betezata (Jo 5.1-9; ver Jo 2.1-12, n.).
7.22 a circuncisão não começou com Moisés O costume de circuncidar começou com Abraão (Gn 17.9-14), muito antes do tempo de Moisés.
7.23 Lei de Moisés Segundo Lv 12.3, os meninos tinham de ser circuncidados no oitavo dia, pouco importando se era sábado ou não. curo... no sábado Ver Jo 5.9, n.
7.27-28 Naquele tempo, muitos judeus pensavam que o Messias ia aparecer de repente, vindo de um lugar desconhecido. O povo de Jerusalém sabe ou pensa que Jesus vem da Galiléia (vs. 41-42,52), e por isso eles não conseguem aceitá-lo. Isso explica a pergunta de Jesus: Será que vocês me conhecem mesmo e sabem de onde eu sou? (v. 28; 8.14) A resposta correta é aquela de Simão Pedro (Jo 6.69; 13.3; ver v. 16, n.).
7.30 a sua hora Ver Jo 2.4, n.
7.31 fazer milagres Ver Intr. 1.5.
7.32 os chefes dos sacerdotes Um grupo que incluía o Grande Sacerdote atual, os Grande Sacerdotes anteriores e membros das famílias a que eles pertenciam. guardas Levitas que eram encarregados de proteger o Templo e de manter a ordem.
7.33 irei para aquele que me enviou Ver Jo 14.12, n.
7.34 não podem ir para onde eu vou Jo 8.21; 13.33.
7.35 Será que...? Quanto a este mal-entendido, ver Jo 2.21, n. ensinar os não-judeus Mesmo sem querer, os líderes judeus dizem uma grande verdade: a mensagem de Jesus vai chegar aos não-judeus (Jo 12.20-24; Rm 1.16).
7.37 O último dia da festa O oitavo dia (Lv 23.36). No último dia da festa havia uma cerimônia com água, o que ajuda a entender as palavras de Jesus aqui e no v. 38.
7.38 as Escrituras Sagradas A passagem citada não aparece no AT. Possivelmente se esteja pensando em passagens como Ez 47.1-12, que fala sobre a água que corria do Templo, e Zc 14.8, que fala sobre água jorrando da cidade de Jerusalém. As palavras de Jesus nos vs. 37-38 também podem ser traduzidas assim: “Se alguém tem sede, venha a mim; e aquele que crê em mim beba. Como dizem as Escrituras Sagradas: ‘Rios de água da vida vão jorrar do seu coração”’. Neste caso, “seu coração” é o coração de Jesus, que é a fonte da água da vida.
7.39 Espírito Santo Ver Intr. 1.7; Jo 14.12, n.
7.40 o Profeta Ver Jo 1.21, n.
7.42 descendente de Davi 2Sm 7.12; Mq 5.2.
7.45 os chefes dos sacerdotes Ver v. 32, n.
7.50 Nicodemos Ver Jo 3.1, n.
7.51 a nossa Lei Passagens como Dt 1.16-17 e Dt 17.2-5 exigem cuidado e justiça na hora de julgar alguém. Nicodemos está dando a entender que quem não conhece a Lei (v. 49) são os líderes e não o povo.
7.52 você também é da Galiléia? A Galiléia era um lugar desprezado pelos líderes judeus, porque lá moravam muitos não-judeus. da Galiléia nunca surgiu nenhum profeta; um dos mais antigos manuscritos traz “o Profeta não surgirá da Galiléia.”


Índice: João 1 João 2 João 3 João 4 João 5 João 6 João 7 João 8 João 9 João 10 João 11 João 12 João 13 João 14 João 15 João 16 João 17 João 18 João 19 João 20 João 21

Nenhum comentário:

Postar um comentário