2015/11/24

Romanos 4 — Interpretação Bíblica

Romanos 4 — Interpretação Bíblica

Romanos 4 — Interpretação Bíblica


O exemplo de Abraão 4.1-12
Quando Deus fez a sua aliança com Abraão, o pai do povo de Israel (v. 12), ele deu a circuncisão como o sinal da aliança, a prova de que os judeus eram o povo escolhido. Mas Paulo mostra que Abraão já tinha sido aceito por Deus antes de ser circuncidado, o que quer dizer que a circuncisão não é necessária para que alguém seja aceito por Deus (Gl 3.6-18).
4.2 Deus o aceitou Ver Intr. 2.1.
4.3 as Escrituras Sagradas dizem Gn 15.6, citado também nos vs. 9,22; Gl 3.6; Tg 2.23, prova que antes de ser circuncidado e muito antes de a lei ter sido dada ao povo de Israel (Gl 3.17), Abraão já tinha sido aceito por Deus por causa da sua fé.
4.7 Davi disse Sl 32.1-2. Além de Gn 15.6, citado no v. 3, Paulo apresenta uma segunda testemunha (Dt 19.15), o rei Davi, que confirma que Deus aceita as pessoas sem levar em conta o que elas fazem. O Sl 32 diz que Deus perdoa e apaga pecados, mas não faz esse perdão depender do que as pessoas fazem.
4.9 os que são circuncidados Os judeus. os que não são circuncidados Os não-judeus.
4.11 Ele foi circuncidado mais tarde Deus aceitou Abraão (Gn 15.6) quando ele tinha menos de 86 anos de idade (Gn 16.16); ele foi circuncidado quando tinha 99 anos de idade (Gn 17.10,23-27). Logo, Deus aceitou Abraão muito tempo antes de este ser circuncidado. Abraão é o pai espiritual de todos O que valeu no caso de Abraão vale para todos (v. 16).

Promessa e fé 4.13-25
Paulo continua mostrando que, desde Abraão até o tempo presente, a pessoa é aceita por Deus por causa da fé. A promessa de Deus depende da fé e não da obediência à lei (v. 16).
4.13 Deus prometeu Gn 17.4-6; 22.17-18; Gl 3.29. havia sido aceito Ver Intr. 2.1.
4.14 a promessa de Deus não tem valor Gl 3.18.
4.15 a lei traz o castigo de Deus Rm 3.20; 5.13; 7.8-10.
4.16 os que crêem em Deus como Abraão creu Gl 3.7.
4.17 as Escrituras Sagradas Gn 17.5.
4.18 as Escrituras Gn 15.5.
4.19 mesmo quando ele pensou Abraão sabia muito bem qual era a situação dele e de sua esposa Sara. Mesmo assim, ele não duvidou da promessa de Deus, pois tinha certeza de que Deus podia fazer o que havia prometido (v. 21). Sara não podia ter filhos Gn 17.17; Hb 11.11.
4.22 foi aceito por Deus Gn 15.6; Rm 4.3.
4.24 Falam também de nós Paulo afirma que o AT foi escrito não somente para o povo de Deus do AT, mas também para os cristãos (Rm 15.4; 1Co 9.10; 10.6). cremos em Deus, o qual ressuscitou Jesus Cremos no Deus que ressuscitou Jesus. Esse Deus que ressuscita os mortos (v. 17) é o Deus em quem Abraão também creu.
4.25 Jesus foi entregue para morrer Is 53.4-5. A morte de Cristo fez parte do plano de Deus para a salvação de todos (Rm 5.6,8; 8.32). e foi ressuscitado A ressurreição de Jesus é tão importante quanto a sua morte (Rm 6.1-14; 1Co 15.14). nós fôssemos aceitos Ver Intr. 2.1.


Índice: Romanos 1 Romanos 2 Romanos 3 Romanos 4 Romanos 5 Romanos 6 Romanos 7 Romanos 8 Romanos 9 Romanos 10 Romanos 11 Romanos 12 Romanos 13 Romanos 14 Romanos 15 Romanos 16

Nenhum comentário:

Postar um comentário