2015/12/16

África — Estudo Bíblico

África — Estudo BíblicoÁfrica

Um dos sete continentes. O nome não aparece na Bíblia, em bora esta aluda a certas áreas que pertencem à moderna África.

1. Antigas designações.  Os gregos chamavam esse continente de Libya,  mas não sabemos o quanto eles conheciam da verdadeira extensão desse continente. Heródoto, no século V a.C., pensava que o mesmo estava cercado de água (Hist. iv.42).

2. Antigo Testamento.  Israel preocupava-se muito com o Egito, e este fazia parte da África (ver o artigo sobre o Egito).  Israel passou ali por muitas tribulações, mas permaneceu um terno sentimento pelo Egito, após o êxodo, pois, apesar de todas as desvantagens, o Egito fora a sua pátria. Há profecias que dizem que o Egito compartilhará com Israel do conhecimento e da adoração do Senhor (ver Isa. 19). Diversos outros povos africanos são mencionados no Antigo Testamento, como Lubim, Pute, Cuxe (Etiópia), cujas designações apontam para terras além do Egito. Há ali comentários sobre a pigmentação da pele e o tipo físico daqueles habitantes (ver Jer. 13:23; Isa. 45:14; e talvez Isa. 18:2,7). Esperava-se que os juízos divinos cairiam sobre tais povos, — e que Israel obtivesse eventualmente a supremacia sobre eles (ver Isa. 43:4; Eze. 30:4ss; Isa. 45:14). E também foi antecipado que tais povos terminariam recebendo os benefícios de Deus (Ver Sal. 87:4; 68:31). Alguns intérpretes pensam que a maldição de Cão (ver Gên. 9:25) foi o que fez os africanos tornarem-se negros, sujeitos à servidão a outros povos. Mas muitos eruditos modernos objetam a esse tipo de interpretação, que dá sanção bíblica aos preconceitos e aos abusos raciais.


3. No Novo Testamento. Jesus foi hospitaleiramente recebido na África (ver Mat. 2:13 ss.). Simão, que ajudou a transportar a cruz, era de Cirenaica, e seus filhos aparentemente eram discípulos cristãos bem conhecidos (Mar. 15:21). Judeus, egípcios e cirênios participaram do Pentecoste (ver Atos. 2:10). O eloquente Apoio era um judeu alexandrino (ver Atos. 18:24). Alguns dos obreiros no começo da missão entre os gentios eram convertidos cirênios (ver Atos 9:20 ss ). A tradição afirma que Marcos foi missionário pioneiro em Alexandria (Eusébio, HE, ii.16). O evangelho entrou na África mediante o eunuco (ver Atos 8:26 ss ). Algumas das mais fortes igrejas cristãs encontravam-se na África do Norte e no Egito, no fim do século II D.C. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário