2015/12/03

Mateus 3 — Interpretação Bíblica


Mateus 3 — Interpretação Bíblica



A mensagem de João Batista 3.1-12
O trabalho de João Batista é preparar o povo de Israel para a vinda do Messias. O Dia do Juízo Final está chegando. O povo precisa se arrepender dos seus pecados e ser batizado, pois o Messias vai destruir os que não se arrependerem e salvar os que se arrependerem e mudarem de vida. João é o mensageiro anunciado pelo profeta Isaías (v. 3). Ele é o maior de todos os servos de Deus no passado (Mt 11.7-11). Ele é o profeta Elias, que voltará antes do Dia do Juízo (Ml 3.1; 4.5; Mt 11.13-14; 17.10-13).
3.1 Naquele tempo Provavelmente no ano 27 d.C., uns 30 anos depois dos acontecimentos narrados no cap. 2 (Lc 3.1-3). o deserto da Judéia Uma região sem habitantes situada na margem oeste do rio Jordão, perto do lugar onde ele desemboca no mar Morto. Judéia Ver Mt 2.1, n.
3.2 Reino do Céu Esta expressão é usada só em Mateus. Significa o mesmo que “Reino de Deus”. A mensagem de João é mais tarde proclamada também por Jesus (Mt 4.17; Mc 1.15).
3.3 “Alguém está gritando...” Palavras de Is 40.3, de acordo com o texto da Septuaginta.
3.4 roupa feita de pêlos de camelo Isso lembrava a roupa do profeta Elias (2Rs 1.8; Zc 13.4). cinto de couro Era um cinto largo e dobrado, que servia também de bolso para guardar moedas e outros objetos (Mt 10.9).
3.7 cobras Figura de esperteza (Mt 10.16) e de falsidade (Gn 3.1). Mt 12.34; 23.33.
3.9 Abraão é nosso antepassado Eles pensavam que eram o povo de Deus por serem da raça de Abraão, descendentes naturais do patriarca (Gn 17.7-8; 22.17-18; Jo 8.33). Mas o que realmente interessa é ser descendente espiritual de Abraão. Somente estes são o verdadeiro povo de Deus (Rm 9.6-8; Gl 3.9).
3.10 machado... fogo Figuras do castigo de Deus. Toda árvore que não dá frutas boas Mt 7.19.
3.11 com O texto original grego também pode ser traduzido por “em”. o Espírito Santo O profeta Joel tinha dito que, nos últimos dias, Deus daria o seu Espírito ao seu povo (Jl 2.28-29; At 2.16-18). fogo Maneira de falar sobre o castigo para aqueles que não se arrependerem dos seus pecados (v. 12; 18.9). carregar as sandálias dele Serviço humilde de um empregado ou escravo.
O batismo de Jesus 3.13-17
Sabendo que João é o mensageiro do Reino que logo vai chegar, Jesus se apresenta para ser batizado por ele. Mas João sabe que Jesus é diferente dos outros que ele está batizando (v. 6). Jesus não precisava confessar pecados. Depois que Jesus foi batizado, o Espírito de Deus desceu sobre ele, e uma voz do céu declarou que ele é o Filho de Deus (Sl 2.7; Gn 22.2) e também o Servo de Deus (Is 42.1; Mt 12.18; 17.5; Lc 9.35; 2Pe 1.17).
3.15 tudo o que Deus quer Mt 5.17; também 5.6,10,20; 6.33.
3.17 meu Filho querido O texto original grego também pode ser traduzido por “meu único Filho”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário