2019/09/27

Marcos 16 — Explicação das Escrituras

Marcos 16 — Explicação de Lucas


16.1 Passado o sábado. Não houve tempo suficiente para preparar o corpo de Jesus para o sepultamento costumeiro. Chegado o domingo, não haveria problema além de abrir o túmulo (v. 4).
16.5 Um jovem. Era um anjo, que estava manifestando-se visivelmente (cf. Mt 28.5).
16.6 Ele ressuscitou. No gr, o verbo está na voz passiva. “Foi ressuscitado” frisa o poder soberano do Deus Pai (cf. At 3.15; Rm 4.24).
16.7 Galileia. Jesus foi para a Galileia a fim de se manifestar a muitos de Seus discípulos (cf. 14.28; Mt 28.9s, 16ss; 1 Co 15.6). E a Pedro. Jesus restaura aquele discípulo que caiu em estado de desânimo, após tê-lO negado.
16.8 Temor e de assombro. Trata-se de temor religioso sentido na presença de Deus (cf. 4.41) e não dos homens (Jo 20.19). Nada disseram. I.e., até depois da ascensão e a vinda do Espírito (cf. At 1 ; 2).
16.9-20 Este trecho não consta em alguns dos melhores manuscritos da antiguidade. Há, também, indicações de que não foi escrito por Marcos. Se Marcos não foi o autor, não se sabe quem teria composto estes vv. baseando-se em Mt 28.9-1 0; Jo 20.11-18; Lc 24.1335; Mt 28.16-20; Lc 24.36-49; Jo 20.19-23; At 1.6-8. Apesar disso, porém, ainda não é decisiva a hipótese da não inspiração do trecho. O motivo, por outro lado, é claro: dar uma conclusão adequada ao evangelho que talvez tivesse sido mutilada e perdida, com o passar do tempo.
16.9 Apareceu... Maria. Cf. Jo 20.11-18. Sugere-se a seguinte ordem dos aparecimentos de Jesus: 1) A Maria Madalena; 2) Às mulheres (Mt 28.8-10); 3) A Pedro (Lc 24.34; 1 Co 15.5); 4) Aos dois discípulos (Lc 24.13-32); 5) Aos discípulos, durante uma ausência de Tomé (Lc 24.36-43; Jo 20; 19-25); 6) No domingo seguinte, aos onze (Jo 20.26-31); 7) A sete discípulos, no mar da Galileia (Jo 21); 8) Aos apóstolos e mais 500 irmãos (Mt 28.1620; 1 Co 15.6); 9) A Tiago, irmão de Jesus (1 Co 15.7); 10) Antes da ascensão (Lc 24.4453; At 1.3-12).
16.12 Outra forma. A Maria, Jesus apareceu como se fosse semelhante ao jardineiro. Aos discípulos que estavam caminhando para Emaús, pareceu um viajante (Lc 24.16).
16.17 Novas línguas. É um sinal da chegada de uma nova época (cf. 2 Co 5.1 7).
16.18 Pegarão em serpentes. Cf. Atos 28.3-6. Falta exemplo de alguém beber veneno e sobreviver no NT.
16.19 Assentou-se... Trata-se, não da posição de Seu corpo, mas da majestade do Seu império (Calvino, cf. Sl 110.1; Mc 14.62).
16.20 Sinais. Hb 2.4; Rm 15.19, etc.

Índice: Marcos 1 Marcos 2 Marcos 3 Marcos 4 Marcos 5 Marcos 6 Marcos 7 Marcos 8 Marcos 9 Marcos 10 Marcos 11 Marcos 12 Marcos 13 Marcos 14 Marcos 15 Marcos 16


Nenhum comentário:

Postar um comentário