2019/08/19

Interpretação de Deuteronômio 34

Interpretação de Deuteronômio 34

Interpretação de Deuteronômio 34 




Sucessão Dinástica. 34:1-12.
Um testamento só entra em vigor, apenas depois da morte do testador. Por isso a Aliança Deuteronômica, dentro do seu aspecto testamentário (cons. comentários na introd. do cap. 33) não entraria em vigor até a morte de Moisés. Só então Josué o sucederia no papel de vice-rei de Deus sobre Israel, e só então sob a liderança de Josué as tribos poderiam, de acordo com as declarações do Senhor, entrar na posse da herança de Canaã. Era, portanto, apropriado que o tratado deuteronômico terminasse com o registro da morte de Moisés, que na realidade autentica o tratado. A atenção adicional dada à terra da herança de Israel e a ascensão de Josué como mediador real da aliança, evidencia que se tem em vista o significado testamentário da morte de Moisés.
Os versículos 1-8 registram a morte de Moisés e os versículos 9-12 a sucessão de Josué. A narrativa retoma com a história de 32:48-52.
1a. Então subiu Moisés . . . ao monte Nebo. Moisés subiu sozinho pela estrada que não tinha retorno, afastando-se da terra prometida até o topo da cadeia de montanhas a oeste das planícies de Moabe, do lado oposto a Jericó até o monte Nebo. O panorama da herança jurada a Israel está descrita conforme ela se descortinava quando olhada primeiro para o nordeste, depois para o oeste e sul, e de volta para à planície que se estendia entre Jericó e Moisés.
2. O mar ocidental, isto é, o Mediterrâneo, por trás das colinas de Judá, não é naturalmente visível do monte Nebo.
4b. Não irás para lá. Cons. 1:37; 3:26; 4:21, 22; 32:52. Embora não tivesse permissão para entrar na terra, Moisés observou e viu os picos de suas montanhas ao norte, do alto de um, no qual ele, com Elias, mais tarde ficaria e falaria com o Mediador da Nova Aliança sobre o êxodo que Ele teria de fazer até Jerusalém, antes que fizesse a travessia para a herança celestial (cons. Mt. 17:3; Mc. 9:4; Lc. 9:30, 31). Foi necessário que Jesus morresse antes de penetrar no Seu descanso, porque Ele era o verdadeiro Mediador que veio para reconciliar o povo pecador com o seu Deus; Moisés tinha de morrei sem entrar no descanso típico, porque na qualidade de mediador do V.T. ele ficou, por causa da transgressão oficial, desqualificado para completar a missão que prefigurava a do Filho de Deus sem pecado. Diferentemente de Moisés, que após sua morte foi substituído por Josué (Dt. 33:9), o Mediador Messiânico seria o Seu próprio sucessor depois da morte, porque não seria possível a morte retê-lo.
7. Nem se lhe abateu o vigor. Moisés, embora com 120 anos de idade (cons. 31:2; Êx. 7:7), não morreu por causa da idade avançada, mas por ordem de Deus, o qual cria e destrói com Sua palavra soberana (Dt. 34:5). Sobre a localização do sepulcro de Moisés (v. 6), veja 3:29; 4:46. Sobre seu resultado, veja Judas 9.
9a. Cheio do espírito de sabedoria. Josué fora estabelecido como o herdeiro dinástico através da concessão dos dons carismáticos desta dinastia, destacadamente o dom do governo sábio (cons. Nm. 27:18 e segs.; Dt. 31).
9b. Os filhos de Israel lhe deram ouvidos. Fiel ao seu juramento de fidelidade à vontade do Senhor, feito na cerimônia deuteronômica (cons. 26:17; 29:12), Israel concordou com a ascensão de Josué.
10. Com quem o Senhor houvesse tratado face a face. Embora fosse sucessor de Moisés, Josué não se lhe igualava. A Moisés Deus respondia diretamente (Êx. 33:11; Nm. 12:8), mas Josué tinha de descobrir a vontade de Deus pela mediação sacerdotal (Nm. 27:21). Josué foi reconhecido sucessor de Moisés pelos sinais da vitória na travessia do Jordão e contra as hostes de Canaã, semelhantes aos de Moisés que triunfou sobre as hostes de Faraó e as águas do mar. Mas ninguém foi como Moisés na plenitude de sua revelação do poder redentor do Senhor (Dt. 34:11, 12).


Índice: Deuteronômio 1 Deuteronômio 2 Deuteronômio 3 Deuteronômio 4 Deuteronômio 5 Deuteronômio 6 Deuteronômio 7 Deuteronômio 8 Deuteronômio 9 Deuteronômio 10 Deuteronômio 11 Deuteronômio 12 Deuteronômio 13 Deuteronômio 14 Deuteronômio 15 Deuteronômio 16 Deuteronômio 17 Deuteronômio 18 Deuteronômio 19 Deuteronômio 20 Deuteronômio 21 Deuteronômio 22 Deuteronômio 23 Deuteronômio 24 Deuteronômio 25 Deuteronômio 26 Deuteronômio 27 Deuteronômio 28 Deuteronômio 29 Deuteronômio 30 Deuteronômio 31 Deuteronômio 32 Deuteronômio 33 Deuteronômio 34

Nenhum comentário:

Postar um comentário