2018/07/10

Estudo sobre Jeremias 1

Estudo sobre Jeremias 1



Jeremias 1
I. PROFECIAS ACERCA DAS AÇÕES DE DEUS EM CASA E NO ESTRANGEIRO (1.1—45.5)
1) O chamado de Jeremias (1.1-19)
O título (v. 1-3) dá o nome do profeta (“Javé exalta” ou derruba) e o local a seis quilômetros ao norte de Jerusalém (Anatote é a moderna ‘Anata), v. 2,3. E dado destaque a Deus como a origem da vocação do profeta e de sua repetida inspiração desde o seu chamado no décimo terceiro ano de Josias (c. 627 a.C.) até o exílio nas mãos de Nabucodonosor II no outono de 587 a.C.
a) O chamado divino (v. 4,5). Este vem de Deus pessoalmente como parte de seu eterno plano incluindo Jeremias em um ministério muito amplo — às nações (v. 5), A todos a quem eu o enviar (v. 7), como se mostra pela amplitude das profecias nesse livro. A vocação é parte da presciência (“conheci”) e da ação de Deus quando o separou e designou como profeta.
A capacitação divina (v. 6-10).
Jeremias pensou que fosse muito jovem (gr.) ou um jovem sem a qualificação ou experiência necessárias. Talvez ele tivesse cerca de 20 anos. Deus vence essas objeções com a sua autoridade (ordenai) e com a promessa e a certeza da sua presença contínua e sustentadora. Observe a linguagem simples e direta usada para o recém-comissionado, cf. “Não tenha medo” a Abraão (Gn 15.1), Moisés (Dt 3.2), Maria (Lc 1.30) ou Paulo (At 27.24). A expressão tocou a minha boca (v. 9) indica tanto purificação (como em Is 6.7) quanto capacitação. As palavras do profeta precisam ser idênticas às palavras de Deus. O seu efeito (v. 10) será destrutivo, depois construtivo, dando motivo para esperança após o juízo. Os verbos arrancar, despedaçar, arruinardestruir e plantar predizem o curso e tema das profecias (cf. 18.7,9; 24.6; 31.28; 42.10).
A confirmação do chamado (v. 11-16). As duas visões são dadas para confirmar o chamado e encorajar o relutante profeta. Também serviram para autenticar a sua comissão a outros, visto que, como Amós (1.1;8.1) e Isaías (2.1), ele pode acrescentar o Vejo ao “Ouvi”.
(1) Uma visão inicial por meio da natureza (v. 11,12). A florescência do ramo da amendoeira (heb. sãqêd), o arauto da primavera e da fruta vindoura, é interpretada por meio de um jogo de palavras no sentido de que Deus é “cuidadoso” (sõqêd) para guardar a sua promessa e cumprir a sua palavra. Acerca do uso da natureza por Jeremias, v. tb. 2.10; 8.7; 12.8; 14.4-6. (2) Uma visão posterior por meio dos eventos (v. 13-16). Isso introduz também o tema do primeiro grupo de profecias (caps. 1—24) — juízo do Norte (i.e., Assíria, Babilônia e possivelmente dos citas) que resultaria no cerco e pilhagem de Jerusalém. A grande panela fervendo [...] inclinada do norte para cá mostra como o ataque será em direção ao sul através da Síria. O juízo auto-imposto se deve ao fato de terem abandonado Deus e, por consequência, se voltado à idolatria. No governo universal de Deus e na sua soberania (v. 15,16; observe todos) — que também é o tema dos caps. 46—51 —, ele usaria forças existentes como seu agente de castigo (cf. 3.18; 4.5).
d) Chamado à ação (1.17-19). A resposta a Javé deve ser obediência imediata e total. Qualquer que “se envergonhar em se identificar com a palavra logo não terá palavra para proclamar” (Cawley). O profeta deve ser destemido e ficar firme, confiante na presença vitoriosa de Deus, apesar da oposição que inevitavelmente vai surgir de todo lado. O povo da terra (v. 18) aqui pode ser uma referência aos principais proprietários de terra, e não à população em geral.

Índice: Jeremias 1 Jeremias 2 Jeremias 3 Jeremias 4 Jeremias 5 Jeremias 6 Jeremias 7 Jeremias 8 Jeremias 9 Jeremias 10 Jeremias 11 Jeremias 12 Jeremias 13 Jeremias 14 Jeremias 15 Jeremias 16 Jeremias 17 Jeremias 18 Jeremias 19 Jeremias 20 Jeremias 21 Jeremias 22 Jeremias 23 Jeremias 24 Jeremias 25 Jeremias 26 Jeremias 27 Jeremias 28 Jeremias 29 Jeremias 30 Jeremias 31 Jeremias 32 Jeremias 33 Jeremias 34 Jeremias 35 Jeremias 36 Jeremias 37 Jeremias 38 Jeremias 39 Jeremias 40 Jeremias 41 Jeremias 42 Jeremias 43 Jeremias 44 Jeremias 45 Jeremias 46 Jeremias 47 Jeremias 48 Jeremias 49 Jeremias 50 Jeremias 51 Jeremias 52


Nenhum comentário:

Postar um comentário