2019/09/10

Apocalipse 4 — Exposição de Apocalipse

Exposição de Apocalipse 4




Apocalipse 4

4.1 AS COISAS QUE DEPOIS DESTAS. Muitos expositores bíblicos creem que, à essa altura do livro, Cristo já retirou do mundo os fiéis e vencedores. Sendo assim, o arrebatamento da igreja fiel (ver Jo 14.3 nota; ver o estudo O ARREBATAMENTO DA IGREJA) precede o período da tribulação (Ap 6.1-18.24). Crê-se assim pelas seguintes razões: (1) A partir de Ap  4.1, não ocorre mais a palavra “igreja” ou “igrejas”, até Ap 22.16 - Ap 4.1.-22.16-. (2) A noiva de Cristo (i.e., a igreja) só aparece no capítulo 19, já com Cristo no céu, antes de Ele voltar à terra para julgar os ímpios e reinar no milênio (ver Ap 20.4 nota). (3) A promessa dada à igreja de Filadélfia, de preservá-la da hora da tribulação em escala mundial, pertence a todos os crentes que permanecerem leais a Cristo antes da grande tribulação (ver Ap 3.10 nota)
4.4 VINTE E QUATRO ANCIÃOS. Quem são esses anciãos? Alguns creem que representam a totalidade da igreja no céu (ver Jo 14.3 nota; 2 Tm 4.8; 1 Pe 5.4). Outros entendem que podem ser anjos governantes; note, porém, que os anjos ficam em derredor desses anciãos (Ap 7.11; cf. Ap 5.11). Ainda outros acreditam que representam Israel e a igreja, juntos em adoração a Deus e ao Cordeiro, i.e., a associação de 12 (Israel) mais 12 (a igreja) soma 24 (o povo de Deus das duas eras).
4.5 OS SETE ESPÍRITOS DE DEUS. Os sete Espíritos de Deus representam a presença plena do Espírito Santo diante do trono de Deus. É possível que a frase derive da sétupla expressão do Espírito, em Is 11.2. O Espírito Santo é comparado a um fogo ardente, no seu juízo contra o pecado, segundo a pureza divina (cf. Is 4.4; Jo 16.8).
4.6 QUATRO SERES VIVENTES. Estes quatro seres viventes provavelmente representam a totalidade da criação vivente (v. 7). Todas as criaturas viventes de Deus o glorificarão e o adorarão e serão libertas da maldição do pecado (vv. 8-11).
4.8 SANTO, SANTO, SANTO. A totalidade da criação exalta e louva a santidade de Deus (ver o estudo O LOUVOR A DEUS). Ser santo significa ser separado do pecado, da injustiça e de todo o mal; e dedicado à retidão, à bondade, à justiça e à pureza. Esse é um atributo eterno de Deus; sua santidade nunca mudará (cf. Is 6.1-3 notas; ver o estudo OS ATRIBUTOS DE DEUS)

Índice: Apocalipse 1 Apocalipse 2 Apocalipse 3 Apocalipse 4 Apocalipse 5 Apocalipse 6 Apocalipse 7 Apocalipse 8 Apocalipse 9 Apocalipse 10 Apocalipse 11 Apocalipse 12 Apocalipse 13 Apocalipse 14 Apocalipse 15 Apocalipse 16 Apocalipse 17 Apocalipse 18 Apocalipse 19 Apocalipse 20 Apocalipse 21 Apocalipse 22

Nenhum comentário:

Postar um comentário