2016/11/15

Deuteronômio 34 — Estudo Devocional

Deuteronômio 34 — Estudo Devocional

Deuteronômio 34 — Estudo Devocional



Deuteronômio 34 

A morte de Moisés
34.1-8 Assim Moisés… morreu na terra de Moabe. O texto inicia com a descrição da reverente obediência de Moisés a Deus que, aparentemente, não disse nenhuma palavra. Nada é dito sobre as circunstâncias da sua morte ou como ela aconteceu; é dito apenas que ele ainda tinha boa saúde.

34.10-12 Nunca mais apareceu em Israel um profeta como Moisés. Estes versos, provavelmente escritos quando da organização dos livros do Pentateuco na Bíblia hebraica, são notáveis por sua beleza e afeto em tudo o que aqui é dito em exaltação a este homem inigualável. No conjunto de sua vida e obra, Moisés foi um grande profeta, líder espiritual e político, legislador, historiador, poeta, visionário, homem chamado e capacitado por Deus e profundamente humano. A humanidade como um todo se beneficia do seu legado espiritual e de suas contribuições ao processo civilizador que libertou o ser humano da barbárie. A afirmação do Deus Único, criador e soberano sobre céus e terra, e dos humanos como formados à sua imagem e semelhança, concedeu-nos a mais elevada dignidade como seres conscientes, livres e destinados à comunhão com o próprio Deus.

Índice: Deuteronômio 1 Deuteronômio 2 Deuteronômio 3 Deuteronômio 4 Deuteronômio 5 Deuteronômio 6 Deuteronômio 7 Deuteronômio 8 Deuteronômio 9 Deuteronômio 10 Deuteronômio 11 Deuteronômio 12 Deuteronômio 13 Deuteronômio 14 Deuteronômio 15 Deuteronômio 16 Deuteronômio 17 Deuteronômio 18 Deuteronômio 19 Deuteronômio 20 Deuteronômio 21 Deuteronômio 22 Deuteronômio 23 Deuteronômio 24 Deuteronômio 25 Deuteronômio 26 Deuteronômio 27 Deuteronômio 28 Deuteronômio 29 Deuteronômio 30 Deuteronômio 31 Deuteronômio 32 Deuteronômio 33 Deuteronômio 34

Nenhum comentário:

Postar um comentário