domingo, agosto 12, 2018

Romanos 8:1 – Comentário Grego Gramatical

Romanos 8:1 – Comentário Grego Gramatical

Romanos 8:1 – Comentário Grego Gramatical

1 οὐδὲν ἄρα νῦν κατάκριμα τοῖς ἐν Χριστῷ Ἰησοῦ, “agora também não há condenação para os que estão em Cristo Jesus”. A inépcia da transição de 7:25 para 8:1 (“… serve à lei do pecado agora, não há condenação…”) causou muita perplexidade e levou vários comentaristas a recorrer à hipótese de que o versículo (juntamente com 7:25b) foi deslocado, ou entrou no texto como um glossário (ver também em 7:25b). Tais hipóteses, no entanto, são totalmente desnecessárias. Paulo provavelmente pretendia uma pausa entre 7:25 e 8:1, uma indicação do fluxo de pensamento facilmente sinalizado tanto no ditado quanto na leitura da carta para as congregações romanas; mais uma vez devemos lembrar que a carta foi escrita mais para ser ouvida do que lida. As palavras de ligação (ἄρα νῦν) provavelmente devem ser lidas com essa força. (1) A frase ἄρα normal usada por Paulo é ἄρα οῦ̔ν (5:18; 7: 3, 25; 8:12; 9:16, 18; 14:12, 19). As duas partículas juntas fortalecem-se e indicam uma conclusão ou corolário extraído com força imediata do que acaba de ser dito. Mas o ἄρα sozinho é a palavra de ligação mais fraca dos dois e quando usado assim no início de uma nova seção, provavelmente indica uma conexão menos direta com o contexto imediatamente anterior. (2) O νῦν é, como de costume, escatológico (como em 3:26; 5:9, 11; 6:19, 21; 8:18, 22; 11:5, 30–31; 13:11; 16: 26, como também em 3:21, 6:22, 7:6, 17). Após a exposição da situação mais confusa em que a tensão escatológica coloca tanto o “eu” quanto a lei (7:7–25), Paulo recorda deliberadamente a “uma vez por todas” do indicativo escatológico, a abertura da nova época efetuada por Cristo. (3) κατάκριμα da mesma forma lembra o pensamento para o grande clímax de 5:12-21, onde as únicas outras referências NT ocorrem (ver em 5:16). É o contraste preto e branco entre as épocas (Adão e Cristo), marcado de forma tão decisiva em 5:12-21, ao qual Paulo aqui reverte, não a área cinzenta de sobreposição que caracteriza grande parte da discussão nas últimas metades de rachaduras em 6 e 7 (mas observe a tradução de Bruce, “servidão penal”). Se em 8: 1 o pensamento salta de volta para 7:6 (Barrett, Cranfield, Schlier), ele não para por aí. (4) Assim também o τοῖς ἐν Χριστῷ Ἰησοῦ focaliza o pensamento mais uma vez nitidamente no que significa pertencer à época de Cristo em distinção à de Adão. “Aqueles em Cristo Jesus” são aqueles que foram identificados (e se identificaram) com Cristo em sua morte (ver em 6:11), sem complicar o pensamento (por enquanto) de que esta ainda não é uma descrição completa e final dos crentes no período antes da ressurreição do corpo.

Aprofunde-se mais!

Podemos concluir, portanto, que o constrangimento entre 7:25 e 8:1 surge apenas porque Paulo seguiu seu procedimento usual para cada um desses capítulos (ver caps. 6–8 Introdução). Ou seja, ele afirma o contraste entre as duas épocas, e entre o antes e o depois da iniciação da conversão, em termos simples e agudamente antitéticos, antes de passar a qualificar e suavizar as antíteses de acordo com as contínuas tensões de sua (própria experiência como um crente. A transição entre 7:25 e 8:1 é simplesmente o ponto em que a análise mais complexa do papel da lei na sobreposição entre as idades foi trabalhada, ponto em que Paulo faz uma pausa e relembra mais uma vez os termos bem definidos do seu ponto de partida. (A transição entre 6:23 e 7:1 não foi tão estranha: o capítulo 6 manteve sua nota de exortação até o fim, enquanto o capítulo 7 terminou com a nota de realismo calmo e sóbrio.) 8:1, portanto, assinala o começo de uma nova exposição da realidade do processo de salvação no presente, desta vez em termos do Espírito. Importante, como é para Paulo, abster-se de encobrir a realidade da tensão escatológica (7:25b), é igualmente e mais importante poder também recorrer novamente às grandes simplicidades da fé (8:1).

Aprofunde-se mais!

Fonte: Dunn, J. D. G. (2002). Vol. 38A: Word Biblical Commentary: Romans 1-8. (p. 415). Dallas: Word, Incorporated.