2009/06/25

Comentário de João 17:22

E a glória que tu me destes,... Não a glória da sua deidade; esta é a mesma cocomentario biblico, evangelho de joão, novo testamentom o seu Pai, o que ele tem em direito de natureza, e não através de presente; nem pode ser comunicado a criaturas; isso seria fazer-lhes parte da Divindade, como os três são um, e que não é o desígnio da expressão no final do versículo: nem a sua glória mediatorial que ele teve com o Pai antes do mundo existir; isso realmente foi determinado a ele pelo Pai, mas não é dado aos santos: nem a glória da operação dos milagres; cuja glória Cristo teve, e o qual, como homem, ele teve do Pai, e em qual a própria glória dele foi manifestada; isto que ele deu aos seus discípulos, pois, uns tinham e outros não: antes, o Evangelho é o significado, que é glorioso em seu autor, assunto e substância, em suas doutrinas, nas bênçãos: a graça revelada, e a promessa contida, e a eficácia e utilidade disto para as almas dos homens. Isto foi dado a Cristo, e ele deu isto aos seus discípulos:

Eu os tenho dado;… Como ele fez com as palavras que foram dadas a ele, João 17:8.

Para que sejam um, assim como nós somos um;... Pois o Evangelho foi dado aos apóstolos, e ainda é aos ministros dele, para trazer os homens à unidade da fé, pelo aperfeiçoar dos santos, e a edificação do corpo de Cristo:
[1] ou então, a plenitude tanto da graça e a gloria que está nas mãos de Cristo para o seu povo seja projetado aqui. Esta é uma considerável parte da glória de Cristo, como Mediador, estar cheio de graça e verdade;[2] isto foi determinado a ele pelo Pai, e é o que ele comunicado aos seus discípulos; até mesmo o Espírito, e todos os tipos de graça, e toda provisão para eles; e que grandemente contribui à união dos santos entre eles: sim, felicidade eterna é significada frequentemente por glória; e isto é dado a Cristo; ele tem isto em suas mãos para dar a outros; e ele a dá, uma visão, um direito a isto, uma aproximação para isto, um penhor da mesma, alguns antegostos disto, e um tipo de posse da mesma; para os santos que já tenham isso, pelo menos nele; e ele lhes dará o prazer atual dela, e isso em ordem para a união consumada e perfeita deles juntos, como uma igreja gloriosa sem mancha ou mácula, ou qualquer tal coisa.


______________
Notas
[1] Cf. Efésios 4:12. N do T.[2] Cf. João 1:14. N do T.

Nenhum comentário:

Postar um comentário