terça-feira, agosto 13, 2019

Gênesis 25 — Exposição Bíblica

Gênesis 25 — Exposição Bíblica

Gênesis 25 — Exposição Bíblica



Gênesis 25

25.5 ABRAÃO DEU TUDO O QUE TINHA A ISAQUE. O último ato de Abraão foi assegurar que a promessa que Deus lhe fizera na ocasião do concerto, continuaria com Isaque. Essa sua solicitude e providência serve de exemplo a todos os chefes de família e líderes de igrejas, os quais devem fazer o máximo para que a real comunhão que o crente tem com Deus, em verdade, pureza, poder e bênção, passe à geração seguinte. Deixar que o povo de Deus paulatinamente se desvie para o mundanismo e para longe de Deus, é o fracasso inominável da liderança espiritual (Ef 4.11-13; ver o estudo DONS MINISTERIAIS PARA A IGREJA) 

25.6 CONCUBINAS. Ver 29.28 nota. 

25.6 PRESENTES. É bem provável que cada presente consistiu numa herança suficiente para cada um estabelecer seu próprio rebanho. 

25.8 E ABRAÃO... FOI CONGREGADO AO SEU POVO. Esta expressão do AT significa mais do que o sepultamento natural; refere-se ao encontro do falecido com seus familiares, na outra vida, após a morte (v.17; 35.29; 49.29,33; Nm 27.13; 31.2; Dt 32.50; Jz 2.10; 2 Sm 12.23; Mt 22.31,32; At 13.36). 

25.17 ISMAEL... FOI CONGREGADO AO SEU POVO. Esta expressão sugere que Ismael confiava em Deus e que recebeu a herança espiritual do seu pai e de todos aqueles que morrem na fé (cf. a nota anterior). 

25.21 E ISAQUE OROU INSTANTEMENTE AO SENHOR. Rebeca, assim como Sara, era estéril, e Isaque teve que pedir a Deus o próximo filho da promessa, de cuja descendência o Redentor um dia nasceria. Dessa maneira, Deus acentua o princípio espiritual que a redenção, a herança espiritual e o cumprimento do concerto, não se concretizam por meios divinos, mas em resposta à oração de quem busca a face do Senhor. Noutras palavras, a oração é o meio pelo qual Deus quer cumprir suas promessas e bênçãos. 

25.23 DOIS POVOS. Os dois povos são os israelitas (os descendentes de Jacó) e os edomitas (os descendentes de Esaú). Hostilidade e conflito assinalaram a seguir, o relacionamento entre esses dois povos (e.g., Nm 20.14-21; 2 Sm 8.14; Sl 137.7). 

25.23 O MAIOR SERVIRÁ AO MENOR. Segundo o costume, o mais jovem entre dois filhos serve ao mais velho. Nesse caso, porém, Deus inverteu essa norma. Esse fato vem ilustrar o princípio de que nosso papel no propósito divino redentor, não vem pelo desenvolvimento das coisas naturais, mas pela graça e vontade de Deus (48.13ss; 1 Sm 16.1; Rm 9.11,12). 

25.26 ERA ISAQUE DA IDADE DE SESSENTA ANOS. Porque Rebeca era estéril, Isaque e Rebeca tiveram que esperar vinte anos pelo filho prometido (v. 20). O cumprimento dos propósitos de Deus na vida deles veio através da oração e da paciência da fé (ver v. 21 nota). 

25.31 PRIMOGENITURA. A primogenitura (i.e., a herança do primogênito) consistia em: (1) liderança na adoração a Deus e chefia da família; (2) uma dupla porção da herança paterna (pelo menos em tempos posteriores, cf. Dt 21.17); e (3) o direito à bênção do concerto, conforme Deus prometera a Abraão. O fato de Esaú vender sua primogenitura revela quão pouco valor ele atribuía às bênçãos de Deus e às promessas do concerto. Optou, estultamente, por trocar bênçãos que ultrapassam o nosso entendimento, por prazeres atuais momentâneos. Assim, desprezou.. a sua primogenitura (v. 34; Hb 12.16). Jacó, por outro lado, desejou as bênçãos espirituais do futuro, e dele vieram as doze tribos de Israel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário