quarta-feira, 30 de dezembro de 2009


DEUS, CORDEIRO, SIGNIFICADO, ESTUDO
Expressão Grega: amnos, amnos tou theou

Como você gostaria que fosse anunciado ao mundo quem foi Jesus? Logo depois que Jesus foi batizado e prestes a começar Seu ministério, João Batista, declarou: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (João 1:29). Para cada ouvinte judeu, amnos tou theou, que é o título grego para “Cordeiro de Deus”, teria sido impregnado de significado. Teria lembrado-os dos cordeiros utilizados nos sacrifícios diários pelos pelos pecados (Levítico 14:12, 21, 24, Num. 6:12), e do cordeiro messiânico levado ao matadouro (Isaías 53:7). Mais do que tudo, o Cordeiro de Deus teria recordado-os do cordeiro pascal (Ex 12, João 19:36) e evocado a imagem da libertação de Israel da escravidão.

Ao dizer que Jesus era o “Cordeiro de Deus”, João estava declarando que Jesus era o substituto no sacrifício providenciado por Deus. Que jeito de ser anunciado para o mundo! João deu também a entender que o Messias anunciado não veio para ser um conquistador, mas um Salvador sofrido e libertador. Jesus veio para fazer o que nós não poderíamos fazer por nós mesmos, tirar o pecado. Como o cumprimento daquilo que o cordeiro pascal representou, Jesus deveria fornecer todos os crentes com os meios para serem livrados do pecado. E, assim como comer o cordeiro pascal marcou o início da jornada de Israel, a recepção de Jesus como o Cordeiro de Deus marca o início da viagem de cada crente. Os israelitas celebravam a Páscoa anualmente, a fim de lembrar a fidelidade de Deus quando Ele os livrou da escravidão do momento em que um cordeiro foi sacrificado para proteger o primogênito de cada família e Moisés conduziu-os em sua jornada através do deserto. Da mesma forma, os cristãos lembram o sacrifício de Cristo no momento da comunhão. A esta luz, Paulo declara: “Cristo, nosso cordeiro pascal, foi sacrificado por nós, por isso, vamos manter a festa” (1 Coríntios. 5:7).

Versículos chave
João 1:29, 36; 1 Pedro 1:19

O cordeiro abatido também simboliza o primeiro passo para a adoração a Deus. Sem o derramamento de sangue, os sacerdotes não podiam aproximar-se da presença de Deus. Ser Jesus apresentado inicialmente como o Cordeiro de Deus mostra que Deus quis fornecer uma maneira para que os crentes se aproximassem dEle. O sangue derramado do Cordeiro elimina o pecado que separa o povo de Deus. Com a separação removida, podemos nos aproximar de Deus para adoração e comunhão com Ele.


Fonte: Holman Treasury of Key Bible Words de Eugene E. Carpenter e Philip W. Comfort.

Mais estudos bíblicos relacionados:

Cf. Armagedom - Significado Bíblico
Cf. Predestinação - Significado Bíblico
Cf. Filho Unigênito - Significado Bíblico
Cf. Seio de Abraão - Significado Bíblico

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Compartilhe Este Artigo

Delicious Digg Facebook Favorites More Stumbleupon Twitter

Pesquise outros Estudos