2009/06/26

Comentário de João 20:18-19

20:18 - Maria Madalena veio,… Direta e imediatamente, estando pronta comentario biblico, evangelho de joão, novo testamentoe disposta a obedecer às ordens de seu Senhor com a maior alegria; e feliz estava ela em seguir esse caminho, e levar essas notícias aos seus discípulos, embora seu interesse em particular e afeição pessoal pudesse ter inclinado ela a desejar estar com Cristo:

E disse aos discípulos que ela tinha visto o Senhor;… Não apenas que ele havia sido levantado dentre os mortos, e que ela tinha sido assim informada pelos anjos, mas que ela tinha visto ele com seus próprios olhos, sendo ela uma testemunha ocular de sua ressurreição, e que ela firmemente acreditou; isso ela disse, não apenas com todas as marcas de prazer, alegria e satisfação, mas com um ar de segurança e confiança:

E que ele tinha dito essas coisas a ela;… Que ele havia chamado-os de irmãos, e que ordenou que ela fosse até eles e lhes contasse tudo, de que ele havia sido levantado dentre os mortos, que ele em pouco tempo iria embora para o Pai dele e deles, para o Deus dele e deles; tudo isso ela cumpriu fielmente.

20:19 - Então, já sendo a tarde daquele mesmo dia,...
No mesmo dia que Cristo levantou-se dentre os mortos, e apareceu a Maria; na tardinha do mesmo dia, depois que ele tinha estado com os dois discípulos a caminho para Emaús, a cerca de oito milhas de Jerusalém, e eles tinham regressado novamente para o restante; e depois de ter tido toda aquela movimentação em Jerusalém, sobre o corpo de Jesus, os soldados que observavam o sepulcro, sendo ordenados pelos anciãos, disseram que os discípulos de Cristo tinham roubado o corpo, enquanto eles dormiam:

Sendo o primeiro dia da semana;… Como é dito em João 20:1, e aqui repetido para impedir de qualquer erro; e para que ficasse claro qual dia que os discípulos se juntavam, e que Cristo apareceu entre eles:

Quando a porta estava fechada;... As portas da casa onde eles estavam, o que fica claro que era em Jerusalém, Luc. 24:33, mas se era a casa onde Cristo e seus discípulos comeram a Páscoa juntos, ou se era o lar ou casa de João, ao qual ele levou a mãe de Cristo, uma vez que ele e Pedro, e o restante parecem estar sempre juntos em um só lugar, não é certo: no entanto, as portas estavam fechadas, o que não é meramente expressivo do tempo da noite, quando isto era feito normalmente, mas significa que eles estavam realmente trancados e enclausurados e impedidos, por um motivo que é dado a seguir:

Onde os discípulos estavam reunidos por medo dos Judeus;... Após a sua dispersão mediante a tomada de Cristo, e após a sua crucificação ter sido terminada, e especialmente após o relatório de que seu corpo havia sido levado; eles se reuniram, e trancaram as portas do local, com medo de que os Judeus devessem entrar, e surpreendê-los; pois eles deviam temer que, uma vez que eles tinham tirado a vida de seu mestre, eles poderiam ser os próximos, e especialmente visto que havia um rumor pela cidade de que eles tinham roubado o seu corpo; eles poderiam estar sob o maior medo de que uma buscar fosse feita por eles, e eles fossem presos e levados por este motivo:

Jesus veio e ficou no meio deles;... De repente, de uma só vez, quando eles não achavam que alguém viesse, sem qualquer aviso prévio, mas, sendo ele o Deus Todo Poderoso, que pelo seu poder onipotente, rompe as barras, e as portas, na maneira mais secreta e não observável, para abrir-lhe caminho, e para deixá-lo entrar de uma vez entre eles: como um cumprimento da promessa que ele disse que estaria com eles, e no meio deles, quando se reunissem, quer em privado ou público, e ele apresentou-se no meio deles, para que soubessem de uma vez que ele não era inimigo.

Ele diz-lhes, que a paz esteja convosco: שלום לכם, “Que a paz esteja convosco”, é uma forma usual de saudação entre os Judeus, ver Gen. 43:23, expressiva de toda a prosperidade, na alma e do corpo, interna e externa, espiritual e temporal, e aqui podem ter uma especial atenção para a paz
[1] que ele afirmou que havia lhes dado, e deixou com eles, após a sua partida; e com a qual ele tinha obtido pelo sangue da sua cruz, e agora lhes pregou.


_____________
Notas

[1] Cf. João 14:27. N do T.

Nenhum comentário:

Postar um comentário