Significado de Isaías 10

Isaías 10

10.1 Ai é uma palavra atemorizante ao ser dita por Deus (5.8-23; 10.5; 18.1); aqui, o Senhor condena os líderes que promulgam leis que perpetuam o mal na comunidade.

10.2 Os pobres em geral são vistos nas Escrituras como aqueles a quem os justos devem demonstrar caridade genuína. Quando procura ajudar o indefeso, o justo está praticando a religião pura da Bíblia (Tg 1.27). No outro extremo, a marca dos ímpios é visível em seus atos opressores contra os indefesos. Com isso, estão se qualificando ao juízo implacável de Deus (v. 3).

10.3 De longe é uma referência à Assíria. A quem. Os ímpios não podem recorrer a Deus, porque se recusaram a fazê-lo antes e ignoraram Suas advertências (8.6).

10.4 Os presos são os israelitas conduzidos ao exílio.

10.5 Essa seção deixa de lado a assolação de Israel e passa a descrever a destruição da Assíria e a libertação de Judá.

10.5-34 Esse oráculo de salvação está dividido em duas grandes seções: (1) o aniquilamento da Assíria (v. 5-19); (2) a salvação do remanescente (v. 20-34).

10.5 Porque [...] indignação também pode ser traduzido por até o bordão na minha mão indignada. E como bordão. Embora Deus disponha soberanamente dos pecadores como instrumento de Sua vontade (Is 7-13; 13.5), eles serão responsabilizados pela iniquidade que praticarem. Assim, Deus demonstra que é justo em todos os Seus caminhos (Hc 13).

10.6 A nação hipócrita é Judá (v. 11, 12).

10.7, 8 No seu coração. O objetivo dos assírios arrogantes é continuar sua trajetória de conquista ininterrupta. Todavia, Deus tem outros planos para eles (v. 12).

10.9 Calnó [...] Damasco. Trata-se de uma lista de cidades que já sucumbiram aos assírios.

10.10, 11 ídolos [...] imagens. Os assírios conquistaram nações cujos deuses eram falsos. Pensam agora, é claro, que terão a mesma facilidade quando lutarem contra Jerusalém e seus ídolos. Embora apenas o Deus vivo deva ser reverenciado pelos israelitas, eles vivem desobedecendo a esse mandamento (Êx 20.4-6; Jz 2.19).

10.12 O fruto é a fala do rei citado nos v. 13, 14. Arrogante coração [...] altivez dos seus olhos. Há uma imagem semelhante em Isaías 2.11; 3.9; 9.9.

10.13 Com a força da minha mão. Os ímpios esforçam-se para receber o crédito por seus êxitos. Os justos dão o devido louvor a Deus por suas conquistas.

10.14 Como se ajuntam os ovos. As conquistas, a fanfarronice perversa, tudo não passa de brincadeira de criança diante do poder do Senhor. As nações que a Assíria devastou não constituem impedimento maior que uma galinha contra o coletor de ovos.

10.15 A ferramenta empunhada por alguém não tem motivos para se gabar. A Assíria é um mero instrumento na mão de Deus. Não tem, portanto, motivos para se gloriar.

10.16 Definhar [...] incêndio. Essas palavras descrevem o juízo que virá sobre os assírios, que se tomaram gordos após suas conquistas.

10.17, 18 A Luz de Israel é um título maravilhoso de Deus (Is 9.2; 58.8; 60.1, 19, 20). O Senhor Jesus também é descrito como Luz de Israel (Jo 1.1-13). Seus espinheiros e sua floresta representam todos os habitantes e bens do Império Assírio. O que o povo considera honrado ou desprezível de nada valerá perante o juízo incendiário de Deus.

10.19, 20 Os resíduos constituem a parte da prole de Abraão que Deus preservou. A palavra hebraica traduzida por resíduos é diferente das palavras de Isaías 1.9 e 6.13. Se estribarão. Finalmente, existirá um povo cuja confiança é depositada inapelavelmente no Senhor.

10.21, 22 Como a areia [...] um resto. Boa parte dos habitantes do Reino do Norte foi levada em cativeiro. Alguns israelitas, porém, foram para Judá, tornando-se parte do Reino do Sul. Esses imigrantes e seus descendentes irão portar-se como grupo sobrevivente, pois preservarão os nomes das tribos do Norte no meio do povo de Deus.

10.23 Determinada já a destruição. Essa forte declaração contrasta com a imprecisão das falsas profecias proclamadas pelas nações.

10.24 Senhor Jeová dos Exércitos. Veja a expressão semelhante de Isaías 1.9. Povo meu. Esses termos expressam o zelo e o amor do Senhor pelo Seu povo. Eles não precisam temer os exércitos dos assírios.

10.25 Daqui a bem pouco. Da perspectiva da eternidade, o período de julgamento é extremamente curto.

10.26 A matança de Midiã. Apesar de seus exércitos poderosos e implacáveis, a Assíria, diz Isaías, desempenhará na história israelita papel idêntico ao dos midianitas e egípcios: será mais um inimigo derrotado milagrosamente pelo Senhor (Is 10.26). Foi exatamente o que aconteceu. Sobre o mar é uma referência ao grande triunfo de Deus sobre o faraó, no êxodo (Êx 14 e 15).

10.27 Naquele dia. Ver uma ideia semelhante em Isaías 2.12. O sentido de unção aqui é incerto. Caso signifique gordura, a palavra pode evocar a imagem de um touro forte e gordo que quebra seu jugo.

10.28-32 Esses versículos registram a visão de Isaías acerca da marcha incessante do rei assírio em direção ao sul sobre o terreno irregular de Aiate ou seja, Ai. Essa cidade situava-se 16km ao norte de Jerusalém num ponto mais elevado.

10.28, 29 As cidades listadas nesses versículos situam-se em locais próximos de Jerusalém. Cada cidade conquistada representa mais um passo em direção à derrota iminente da Cidade Santa.

10.30, 31 Clama alto com a tua voz. Os termos agora expressam pavor. São atos de um povo assustado que enfrenta a derrota e o desastre iminentes.

10.32 Filha de Sião. O exército aproxima-se de Jerusalém. O sujeito do verbo parará é a Assíria, a nação inimiga.

10.33, 34 Os ramos são o rei da Assíria, e a espessura da floresta, seu exército. A mensagem é de que Deus julgará até os instrumentos que empregou para julgar Israel.

Índice: Isaías 1 Isaías 2 Isaías 3 Isaías 4 Isaías 5 Isaías 6 Isaías 7 Isaías 8 Isaías 9 Isaías 10 Isaías 11 Isaías 12 Isaías 13 Isaías 14 Isaías 15 Isaías 16 Isaías 17 Isaías 18 Isaías 19 Isaías 20 Isaías 21 Isaías 22 Isaías 23 Isaías 24 Isaías 25 Isaías 26 Isaías 27 Isaías 28 Isaías 29 Isaías 30 Isaías 31 Isaías 32 Isaías 33 Isaías 34 Isaías 35 Isaías 36 Isaías 37 Isaías 38 Isaías 39 Isaías 40 Isaías 41 Isaías 42 Isaías 43 Isaías 44 Isaías 45 Isaías 46 Isaías 47 Isaías 48 Isaías 49 Isaías 50 Isaías 51 Isaías 52 Isaías 53 Isaías 54 Isaías 55 Isaías 56 Isaías 57 Isaías 58 Isaías 59 Isaías 60 Isaías 61 Isaías 62 Isaías 63 Isaías 64 Isaías 65 Isaías 66