2019/08/26

Lucas 2 — Explicação das Escrituras

Explicação das Escrituras



Lucas 2

2.1 César Augusto: Imperador romano, de 27 a.C. a 14 d.C.

2.1 Toda a população: Isto é, todo o Império Romano.

2.1 Esse tipo de alistamento ou censo servia de base para a arrecadação de impostos.

2.2 Este, o primeiro recenseamento... da Síria: Outra tradução possível: Este foi o primeiro censo que se fez quando Quirino era governador da Síria. Segundo fontes históricas, Quirino concluiu um censo no ano 6 ou 7 d.C., quando era governador da província romana da Síria; não está claro a qual dos censos se refere Lucas. (ver Mt 2.1, nota b, quanto ao ano do nascimento de Jesus.).

2.4 Belém: Povoado natal do rei Davi, próximo a Jerusalém.

2.5 Sua esposa: Lit., Desposada com ele: é a mesma expressão usada em Lc 1.27. Cf. Mt 1.18-25.

2.7 O primogênito (primeiro filho) tinha privilégios e deveres especiais. Cf. Gn 25.29-34; Êx 13.2,12,15. Esse título se aplica a Jesus Cristo, para expressar a sua supremacia universal, em Rm 8.29; Cl 1.15; Hb 1.6; Ap 1.5.

2.7 Numa manjedoura: Espécie de caixa em que se dava comida aos animais. A palavra grega também pode se referir ao estábulo como um todo.

2.7 Hospedaria: Ou pousada onde se alojavam os viajantes.

2.8 Os primeiros a receber o anúncio do nascimento de Jesus foram os pastores. Como em outros lugares do Evangelho, os pobres e os humildes são escolhidos para receber os privilégios de Deus. Cf. 4.18-19; 6.20-26. Ver Pobre na Concordância Temática.

2.11 Salvador: Ver Lc 1.31, n.

2.11 É Cristo: Título que, em hebraico, equivale à palavra Messias (ver a Concordância Temática), que significa ungido.

2.11 Senhor: Palavra que, em grego, assim como em português, pode ser usado como título de respeito. Também se utilizava como tradução do nome divino (v. 15); no NT, se aplica com freqüência a Jesus (At 2.36; Rm 10.9; Fp 2.11). Ver a Introdução ao NT.

2.14 Paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem: Outros manuscritos dizem: Paz entre os homens de boa vontade. Outra tradução possível: Entre os homens que desfrutam do seu favor. O mais provável é que a expressão boa vontade se refira ao favor de Deus e não à boa vontade das pessoas.
2.19 Cf. v. 51.

2.21 Circuncidado o menino: Lv 12.3; ver Lc 1.59, n.

2.21 Lc 1.31.

2.22 Segundo Lv 12.2-4, a purificação correspondia somente à mãe, que ficava ritualmente impura após o parto. Com o plural levaram-no, Lucas parece se referir à purificação de ambos, a mãe e o pai do menino. Quanto ao plural deles, é possível que inclua o próprio menino Jesus, que ia ser apresentado no templo (vs. 22-27).

2.22-24 Cf. 1Sm 1.22-24.

2.23 Êx 13.2,12.

2.24 A oferta dos pobres; cf. Lv 12.6-8.

2.25 A consolação de Israel: A ideia está relacionada com a esperança messiânica (cf. Is 40.1-2; 49.13; 57.18; 61.2; Mt 5.4).

2.26 Cristo: Ver 2.11, nota m; cf. Lc 9.20.

2.29-32 O Cântico de Simeão é conhecido como o “Nunc dimittis”, que são as duas primeiras palavras da sua versão latina e que significam “Agora podes despedir”.

2.30-31 Is 40.5; 52.10.

2.32 Is 42.6; 49.6; 52.10.

2.32 Is 46.13.

2.33 O pai e a mãe do menino: José, como esposo de Maria, era o pai de Jesus para efeitos legais.

2.37 Era viúva de oitenta e quatro anos: Outra tradução possível: agora, era viúva e tinha oitenta e quatro anos.

2.38 Is 52.9. A redenção: Ou o resgate (Mt 20.28, notas).

2.39 Mt 2.23.

2.40 Cf. v. 52.

2.41 Páscoa: Festa judaica (Êx 12.1-27; Dt 16.1-8); ver a Concordância Temática.

2.42 Dt 16.16; cf. 1Sm 1.3,21; 2.19. Segundo o costume judaico, um rapaz de doze anos já se preparava para ser legalmente incorporado à comunidade religiosa. A incorporação oficial acontecia com a idade de treze anos.

2.49 Não sabíeis que me cumpria estar na casa de meu Pai?: Outra tradução possível: Não sabíeis que era-me necessário estar nos negócios de meu Pai.

2.51 Cf. v. 19.

2.52 Cf. v. 40; alude-se a 1Sm 2.26. Cf. Pv 3.4.

2 comentários:

Sini disse...

O capítulo 2 de Lucas é sobre ele criança e adolescente, o estudo tá adiantado

Biblioteca Bíblica disse...

Obrigado por alertar. Concertado!

Postar um comentário