2016/04/30

Êxodo 25 — Explicação das Escrituras

Êxodo 25 — Explicação de Êxodo

Êxodo 25 — Explicação de Êxodo


25.1 Aqui começam os preceitos para o culto dos israelitas, a maneira simbólica de adorar dia após dia, de maneira a inculcar na mente do adorador as verdades eternas de Deus. Tentaremos esclarecer alguns símbolos que apontam para Jesus Cristo.
25.2 Oferta. Uma parte vital da comunhão com Deus (Rm 12.11).
25.6 Incenso. Relacionado com as orações (Ap 8.3, 4).
25.8 Habitar. O propósito real de qualquer santuário é a comunhão com Deus. Os objetos visíveis são símbolos para nos ensinar a adorar a Deus em espírito e em verdade, como Jesus nos ensinou.
25.10 Uma arca. O objeto central do culto, onde se guardava o testemunho, (16); o texto dos dez mandamentos que o povo aceitou, formando, assim, a Aliança com Deus (19.8; 24.3-8).
25.12 Argolas. Para carregar a arca com varais (13-14).
25.17 Propiciatório. O lugar do perdão de Deus aponta para Cristo (Rm 3.25).
25.18 Querubins. Parece ser um tipo de anjos, sempre associados à revelação da glória de Deus. Não é um caso de idolatria (Êx 20.4), pois eram guardados no Santo dos Santos, onde ninguém podia entrar, a não ser o Sumo Sacerdote e uma só vez por ano.
25.23 A mesa. Era para os pães (30), e simboliza a mesa de Cristo, na qual participamos do Pão da Vida: Sua carne e Sua Palavra.
25.30 Pães. Depois de comer o Maná no deserto, os israelitas não podiam duvidar que Deus da o pão de cada dia. Estes pães eram uma lembrança disto e uma espécie de oração para que Deus continue suprindo o pão necessário de cada dia (cf. Mt 6.11). O sexto capítulo de João mostra como Jesus é o Pão dos Céus.
25.31 Candelabro. O candelabro, com as sete luzes, nos lembra o Espírito Santo, com Sua unção e Sua iluminação.
25.34 No candelabro mesmo. É a haste básica central, do lado da qual surgem as outras seis (32). Flores. A beleza desta fonte de Luz, é uma indicação do valor da estética na adoração (cf. Sl 96.9).
25.37 Lâmpadas. Compare Zc 4.1-6; Ap 1.20; 4.4, para perceber que o candelabro visível, com as lâmpadas, pode embelezar a igreja de Cristo com suas várias formas e organizações, mas a luz é o resultado da unção (do óleo) do Espírito Santo, que torna perceptível a presença de Cristo na igreja que O ama e adora em espírito e verdade.
25.40 Modelo. Mais uma indicação de que se trata de uma representação fisicamente visível do santuário Eterno nos céus (Hb 9.23ss).

Índice: Êxodo 1 Êxodo 2 Êxodo 3 Êxodo 4 Êxodo 5 Êxodo 6 Êxodo 7 Êxodo 8 Êxodo 9 Êxodo 10 Êxodo 11 Êxodo 12 Êxodo 13 Êxodo 14 Êxodo 15 Êxodo 16 Êxodo 17 Êxodo 18 Êxodo 19 Êxodo 20 Êxodo 21 Êxodo 22 Êxodo 23 Êxodo 24 Êxodo 25 Êxodo 26 Êxodo 27 Êxodo 28 Êxodo 29 Êxodo 30 Êxodo 31 Êxodo 32 Êxodo 33 Êxodo 34 Êxodo 35 Êxodo 36 Êxodo 37 Êxodo 38 Êxodo 39 Êxodo 40


Nenhum comentário:

Postar um comentário