2016/10/17

Gênesis 1 — Comentário Devocional

Gênesis 1 — Comentário Devocional

Gênesis 1 — Comentário Devocional


Gênesis 1

1.1 A simples afirmação de que Deus criou os céus e a terra é um dos conceitos mais desafiadores que confrontam a mente moderna. A vasta galáxia em que vivemos gira a uma incrível velocidade de 788.410 quilômetros por hora. Porém, mesmo a esta alucinante velocidade, nossa galáxia ainda necessita de 200 milhões de anos para concluir uma única rotação. Além disso, existe mais de um bilhão de outras galáxias como a nossa no universo. Alguns cientistas afirmam que o número de estrelas na criação é igual a todos os grãos de areia de todas as praias do mundo. Ainda assim, este complexo mar de estrelas em movimento funciona com notável ordem e eficiência. Dizer que o universo “surgiu” ou “evoluiu” requer mais fé do que acreditar que Deus está por trás dessas estatísticas surpreendentes. Deus criou um universo maravilhoso. Deus não precisava criar o universo; Ele escolheu criá-lo. Por quê? Deus é amor. e o amor é melhor expressado em direção a algo ou alguém — assim, Deus criou o mundo e as pessoas como uma expressão do seu amor. Não devemos reduzir a criação de Deus a meros termos científicos. Lembre-se de que Deus criou o universo porque ama cada um de nós.
1.1ss A história da criação muito nos ensina sobre Deus e nós mesmos. Primeiro aprendemos sobre Deus: (1) Ele é criativo; (2) como Criador, Ele é distinto da criação; (3) Ele é eterno e está no controle do mundo. E também aprendemos sobre nós mesmos: (1) uma vez que Deus escolheu nos criar, somos preciosos aos seus olhos; (2) somos mais importantes do que os animais. (Ver 1.28 para mais detalhes sobre nosso papel na ordem da criação.)
1.1ss - Como exatamente Deus criou a terra? Este continua sendo um tema de grandes debates. Alguns atribuem o aparecimento do universo a uma explosão repentina. Outros dizem que Deus deu início ao processo e o universo evoluiu durante bilhões de anos. Quase todas as antigas religiões têm sua própria história para explicar a criação do universo. E quase todo cientista possui uma opinião sobre a origem do universo. Mas apenas a Bíblia mostra um único Deus supremo criando a terra por seu grande amor e dando às pessoas um lugar especial nela. Nunca saberemos todas as respostas sobre como Deus criou a terra, mas a Bíblia afirma diretamente que Deus a criou. Este fato. por si só. valoriza e dignifica todas as pessoas.
1.2 A afirmação de que “a terra era sem forma e vazia” provê o cenário para a narrativa da criação que se segue. Durante o segundo e terceiro dia, Deus deu forma ao universo: nos três dias seguintes. Ele encheu a terra com seres viventes. As trevas foram dispersas no primeiro dia, quando Deus criou a luz.
1.2 - A imagem do Espírito de Deus movendo-se sobre a face da terra é semelhante a um pássaro-mãe cuidando dos seus filhotes e protegendo-os (ver Dt 32.11,12; Is 31.5). O Espirito de Deus estava envolvido ativamente na criação do mundo (ver Jó 33.4; S1 104.30). O cuidado e a proteção de Deus ainda são uma realidade.
1.3—2.7 - Em quanto tempo Deus criou o mundo? Há duas visões básicas sobre os dias da criação: (1) cada dia se constituía literalmente de um período de 24 horas; (2) cada dia representa um período indefinido de tempo (até mesmo milhões de anos). A Bíblia não especifica a duração desses períodos de tempo. A questão real, no entanto, não é quanto tempo levou, mas como Deus criou. Ele criou a terra de forma sistemática (não criou as plantas antes da luz), e criou homem e mulher como seres únicos, capazes de comunicar-se com Ele. Nenhuma outra parte da criação possui este privilégio. Não importa em quanto tempo Deus fez o mundo, se em alguns dias ou alguns bilhões de anos; o importante é que Ele o criou exatamente como desejava.
1.6 A “expansão no meio das águas” foi a separação entre o mar e o nevoeiro dos céus. 1.25 - Deus viu que o seu trabalho era bom. Algumas vezes, as pessoas sentem culpa por passar um bom momento ou sentir-se bem em relação a um trabalho realizado. Isto não ó certo. Assim como Deus sentiu-se bem com o seu trabalho, podemos nos alegrar com o nosso. Entretanto, não devemos estar satisfeitos com um trabalho realizado se Deus não o aprovou. O que você tem feito que agrade tanto a Deus quanto a você? 1.26 - “Façamos o homem à nossa imagem.” Por que Deus utiliza a forma plural? Um ponto de vista alega que esta é uma referência ã Trindade — Deus. Jesus Cristo e o Espirito Santo todos um só Deus. Outra visão explica que a finalidade da palavra no plural é denotar majestade. Os reis tradicionalmente usam a forma plural ao referir-se a si mesmos. Em Jó 33.4 e Salmos 104.30. sabemos que o Espirito de Deus esteve presente na criação. Em Colossenses 1.16, vemos que Cristo. Filho de Deus. estava trabalhando na criação.
1.26 - Em que sentido fomos feitos à imagem de Deus? Obviamente Deus não nos criou exatamente como Ele. porque Deus não possui corpo físico. Em vez disso, somos reflexos da sua glória. Alguns pensam que nossa razão, criatividade, discurso ou autodeterminação são a imagem de Deus. Nunca seremos totalmente como Deus. pois Ele é o Criador supremo, porém temos a capacidade de refletir seu caráter através do amor. perdão, da paciência, bondade e fidelidade. Saber que fomos criados ã imagem cie Deus e compartilhar muitas de suas características provê uma base sólida para a imagem própria. O autovalor do homem não está baseado em posses, conquistas, atrativos físicos ou aclamação pública. Ao contrário, está baseado no fato de ser criado à imagem de Deus. Porque fomos feitos ã imagem dEle, podemos nos sentir bem a respeito de nós mesmos. Criticar ou depreciar o que somos é criticar o que Deus fez e as habilidades que Ele nos tem dado. Saber que você é uma pessoa de valor aJudá-o a amar a Deus. conhecê-lo pessoalmente e prestar uma valiosa contribuição às pessoas ao seu redor.
1.27 - Deus fez ambos, homem e mulher, à sua imagem. Um não foi feito à imagem de Deus mais do que o outro. Desde o início. a Bíblia coloca tanto o homem quanto a mulher no pináculo da criação. O sexo não é exaltado, tampouco depreciado.
1.28 - “Dominai sobre” é uma ordem para que sejam exercidos absoluta autoridade e controle sobre alguma coisa. Deus tem a palavra final sobre a terra e exerce o seu poder com amor e cuidado. Quando Deus delegou um pouco de sua autoridade à raça humana, esperava que esta assumisse a responsabilidade sobre o meio ambiente e as outras criaturas que compartilham o planeta. Não podemos ser negligentes ou devastadores ao cumprir esta função. Deus foi muito cuidadoso ao criar o mundo.
1.31 - Deus viu que a sua criação era excelente em todos os aspectos. Você é parte da criação de Deus, e Ele gosta de você da maneira como o fez. Se em algum momento você sentir-se desvalorizado ou diminuído, lembre-se que Deus o criou por uma boa razão. Você tem valor aos seus olhos.

Índice: Gênesis 1 Gênesis 2 Gênesis 3 Gênesis 4 Gênesis 5 Gênesis 6 Gênesis 7 Gênesis 8 Gênesis 9 Gênesis 10 Gênesis 11 Gênesis 12 Gênesis 13 Gênesis 14 Gênesis 15 Gênesis 16 Gênesis 17 Gênesis 18 Gênesis 19 Gênesis 20 Gênesis 21 Gênesis 22 Gênesis 23 Gênesis 24 Gênesis 25 Gênesis 26 Gênesis 27 Gênesis 28 Gênesis 29 Gênesis 30 Gênesis 31 Gênesis 32 Gênesis 33 Gênesis 34 Gênesis 35 Gênesis 36 Gênesis 37 Gênesis 38 Gênesis 39 Gênesis 40 Gênesis 41 Gênesis 42 Gênesis 43 Gênesis 44 Gênesis 45 Gênesis 46 Gênesis 47 Gênesis 48 Gênesis 49 Gênesis 50


Nenhum comentário:

Postar um comentário